Mais lidas
Apucarana

Saúde intensifica coleta do exame preventivo

.

Neste feriado do dia 15, a Autarquia de Saúde fará exame Papanicolau e encaminhamentos para mamografia (Fotos – Edson Denobi)
Neste feriado do dia 15, a Autarquia de Saúde fará exame Papanicolau e encaminhamentos para mamografia (Fotos – Edson Denobi)

A Autarquia Municipal de Saúde de Apucarana vai promover, no próximo dia 15, feriado nacional, um dia de intensificação de exame Papanicolau (preventivo do câncer do colo de útero) e de encaminhamento para mamografia. O atendimento, aberto a toda comunidade entre 8 e 17 horas, vai se concentrar no Centro de Especialidades Médicas da Autarquia Municipal de Saúde, na Rua Miguel Simeão, 69.

O prefeito Beto Preto conclama as mulheres a buscar os dois atendimentos realizados estrategicamente num feriado. “A prevenção e o diagnóstico precoce é o melhor cuidado que se pode ter com a saúde. O câncer quando diagnosticado no início tem grandes chances de cura. No caso específico do câncer do colo do útero, quando descoberto em estágio avançado, é praticamente incurável”, alerta o médico Beto Preto.

O câncer do colo do útero é o terceiro mais frequente na população feminina do Brasil, com a ocorrência de quase 18 mil novos casos anualmente. Em Apucarana entre 2013 e 2016 foram registrados 47 casos da doença.

No Paraná, em 2015, foram registradas 340 mortes pela doença. Já em Apucarana, durante 2016, 10 mulheres morreram vítimas do câncer do colo do útero. “Em 2013 foram 8 óbitos; em 2014, 8 óbitos; e 2015, 4 óbitos. Totalizando 30 mortes pela doença em 4 anos”, informa o diretor presidente da AMS, Roberto Kaneta.

Em Apucarana, a razão de 0,45 das mulheres na faixa etária de 25 a 64 anos realizou o exame de colo de útero no ano passado. Um índice abaixo do recomendado pelo Ministério da Saúde, que é de 0,65. Nos três anos anteriores a razão no município foi de 0,55 em 2013; 0,62 em 2014; e 0,56 em 2015.

“É preciso reverter esse quadro. Reforço o apelo no sentido de que as mulheres compareçam regularmente à UBS do seu bairro para fazer o exame preventivo. Trata-se de um cuidado básico na saúde da mulher. Uma prevenção de uma doença que pode ser curada”, observa Kaneta.

O exame preventivo é oferecido nas 28 Unidades Básicas de Saúde do município pelo menos uma vez por semana. Ainda, em duas ocasiões durante o ano, são disponibilizados atendimentos especiais, como aos sábados e em horários noturnos. Isso acontece normalmente no mês de março, por ocasião do Dia da Mulher, e também durante a campanha do Outubro Rosa.

“Neste ano, vamos intensificar ainda mais as ações que oferecem às mulheres mais oportunidades, como num feriado, de fazer o exame preventivo e receber o encaminhamento para mamografia. Na próxima quarta-feira vamos disponibilizar toda estrutura da saúde nesta iniciativa de combate com câncer do colo de útero”, reforça o prefeito Beto Preto.

O evento da próxima quarta-feira conta com a parceria da Secretaria de Assistência Social, que irá oferecer transporte para integrantes dos grupos conviver até a Autarquia de Saúde para realização do preventivo. A ação também está sendo amplamente divulgadas das escolas da rede municipal através de comunidade enviado as mães e avós dos alunos, além dos próprios servidores da Autarquia Municipal de Educação.

Mulheres em tratamento alertam para a prevenção

Rosemari Delarme, 46 anos, realiza tratamento contra o câncer do colo do útero do setor de oncologia do Hospital da Providência. O diagnóstico, há cerca de um ano, detectou a doença em estágio avançado. Atualmente em meio a uma pausa das sessões de radioterapia e quimioterapia, Rosimari lamenta não ter descoberto a doença antes. “Não fazia o exame preventivo. Tinha feito uma vez que nem me lembro quando. O câncer não é brincadeira e se tivesse realizado o exame de rotina de prevenção meu tratamento poderia ser menos agressivo”, pondera.

Atualmente em meio a uma pausa das sessões de radioterapia e quimioterapia, Rosemari dá um conselho enfático às mulheres de Apucarana. “Façam os exames de prevenção regularmente e, principalmente, aproveitem essas campanhas que incentivam a realização da mamografia e do preventivo do câncer do colo de útero. Evitem estar na mesma situação que a minha. Não é fácil”, declara.

Depois de identificar um nódulo do seio no auto-exame, Irene dos Santos, 41 anos, teve o diagnóstico do câncer de mama em novembro do ano passado. “Estou em tratamento com sessões de radioterapia. É uma situação difícil que a maioria das pessoas acha que nunca vai acontecer com elas. Não se preocupa em realizar os exames preventivos e mesmo fica indiferente ao alerta e incentivo de campanhas como o Outubro Rosa. Mulheres prestem atenção no seu corpo, se toquem e façam a mamografia em especial em momentos de mobilização como o do próximo dia 15”, incentiva Irene.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber