Mais lidas
Apucarana

Apucaranense que tentou apagar tocha olímpica é degolado em Santa Catarina

.

Eduardo Alberto Torres ficou conhecido por ter tentado apagar a tocha olímpica em Joinville | Foto Reprodução
Eduardo Alberto Torres ficou conhecido por ter tentado apagar a tocha olímpica em Joinville | Foto Reprodução

O apucaranense Eduardo Alberto Torres, de 34 anos, que ficou conhecido por supostamente tentar apagar a tocha olímpica com um extintor de incêndio quando ela passou por Joinville (SC), em julho do ano passado, foi encontrado morto e quase decapitado na tarde de domingo (12). O corpo estava numa casa abandonada, na rua José Vieira, bairro Corveta, em Araquari, no Norte de SC, e apresentava um profundo corte no pescoço. Os parentes de Eduardo foram de Apucarana (PR) para Araquari providenciar a liberação do corpo, que vai ser traladado para velório e sepultamento em Apucarana. 

A Polícia Militar de Araquari, que atendeu o caso, confirmou que Eduardo degolado. O suspeito do crime ainda não foi identificado. Moradores do bairro revelaram, aos policiais, que Eduardo fazia parte do Movimento Sem Terra (MST), e que era uma pessoa tranquila e sem inimigos. A Polícia Civil de Araquari busca informações sobre o homicídio.

Apagar a tocha
Eduardo Alberto Torres ficou conhecido como o homem que tentou apagar a tocha olímpica em julho do ano passado. Ele estava em Joinville quando acompanhou o revezamento da tocha. Ao chegar na Beira Rio, região central de Joinville, tentou apagar a chama com um extintor de incêndio, mas logo foi contido pela polícia. Levado para a delegacia de polícia, somente foi solto após assinar um termo circunstanciado, e responderia pelo crime de perturbação ao sossego.

Eduardo tentou apagar a tocha olímpica com um extintor de incêndio quando ela passou por Joinville | Foto Arquivo/Jornal de Joinville

Contra Olimpíadas no Brasil
Na época, ele alegou que praticou o ato porque não era de acordo com as Olimpíadas no Brasil, pois o dinheiro poderia ser usado para outras prioridades.

Repercussão
O caso ganhou repercussão nacional, com a notícia da ação de Eduardo publicada em jornais e portais do Brasil inteiro. O momento em que ele tentou apagar a tocha foi transmitido ao vivo pelo GloboEsporte.com. 

Lamentação
Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte de Eduardo. "À família, meus sentimentos. Ao meu amigo, a justiça. Não se mata uma ideia.", escreveu uma amiga. 

Com informações e fotos do Jornal de Joinville e A Notícia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber