Facebook Img Logo
  1. Edhucca Banner
Mais lidas
Apucarana

Apucarana qualificou 10 mil pessoas nos últimos 4 anos

.

Os dados foram destacados pelo prefeito Beto Preto, durante ato oficial de assinatura de mais uma contratação de cursos junto ao Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) (Foto: Edson Denobi)
Os dados foram destacados pelo prefeito Beto Preto, durante ato oficial de assinatura de mais uma contratação de cursos junto ao Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) (Foto: Edson Denobi)

Nos últimos 4 anos e 10 meses, a Prefeitura de Apucarana ofereceu dezenas de cursos profissionalizantes que beneficiaram diretamente cerca de 10 mil apucaranenses. O investimento público envolvido até o momento chega a R$1 milhão. Os dados foram destacados nesta segunda-feira (30/10) pelo prefeito Beto Preto, durante ato oficial de assinatura de mais uma contratação de cursos junto ao Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Na ocasião, a Secretaria Municipal da Assistência Social assegurou mais 10 cursos, em um total de 180 novas vagas, em áreas com grande demanda no mercado de trabalho, como a construção civil, indústria têxtil e de confecção, além do setor automotivo. O investimento é de R$101.980,00, via recursos do Índice de Gestão Descentralizada (IGD), e são oportunidades direcionadas a pessoas de baixa renda, cadastradas junto ao Programa Bolsa Família, do Governo Federal.

“A qualificação profissional é algo que não acaba nunca, mas é uma área que escolhemos priorizar desde o primeiro ano do mandato, em 2013. De lá para cá, já são 10 mil apucaranenses qualificados, em um projeto de governo que nunca antes aconteceu na cidade. Hoje Apucarana pode falar que é a cidade da qualificação profissional”, comemorou o prefeito Beto Preto.

Ao enumerar as principais parcerias que contribuíram para o alcance da marca, o prefeito citou o Sistema S. “Nestes quase cinco anos de governo, temos o Senac e o Senai caminhando lado a lado. Foram mais de 2,4 mil apucaranenses capacitados pelo Pronatec, junto ao Senac, e mais de 2 mil em cursos através do Senai, além de outras oportunidades através do Sest/Senat. Computando ainda as milhares de outras vagas em cursos oferecidos através de secretarias da prefeitura, chegamos a cerca de 10 mil pessoas capacitadas profissionalmente, em cursos de qualidade oferecidos por entidades sérias, de acordo com a necessidade do mercado de trabalho”, elencou o prefeito Beto Preto.

O ato de assinatura da parceria com o Senai aconteceu no gabinete municipal e contou com a presença de diversas autoridades. O representante da Câmara Municipal, vereador Gentil Pereira de Souza Filho, salientou o empenho da administração municipal. “Nós que estamos lá na Câmara reconhecemos. Temos um prefeito que investe pesado em melhorias para a cidade. E neste ato só tenho a parabenizar e dizer que é muito importante apoio à educação e profissionalização das pessoas. Que Deus possa abençoar e que essa política possa ter sempre continuidade”, disse.

A gerente da unidade do Sesi/Senai em Apucarana, Márcia Aparecida Kulka, falou da parceria. “Para o Sesi/Senai é uma grande satisfação fazer parte desta conquista, pois já somos um sistema que prioriza a profissionalização, seja ela de demanda de cursos gratuitos ou contratados. Só temos que agradecer a confiança do prefeito e dizer que estamos sempre à disposição para colaborar com o crescimento das pessoas e da cidade de Apucarana”, pontuou a gerente.

Os números anunciados pelo prefeito impressionaram o presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia), Jayme Leonel. “A Acia também tem desenvolvido suas capacitações, mas digo que o que o prefeito nos revela agora impressiona. Os cursos contratados hoje, em especial, vão ao encontro de grande parte da necessidade de nossas empresas”, elogiou.

A contratação dos novos cursos também agradou a presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Apucarana (Sivana), Aida Assunção. “Os nossos jovens precisam de qualificação. Vejo que tudo passa pela educação, qualificação e através destas oportunidades certamente quem aproveitar vai ter espaço no mercado de trabalho”, observou. Opinião que foi confirmada pelo gerente da Agência do Trabalhador de Apucarana, Rodrigo Liévore. “Os cursos contratados são todos a partir de um estudo. A coisa mais angustiante é quando um jovem procura a agência e não preenche uma vaga porque não tem a qualificação exigida. As oportunidades contratadas pela prefeitura visam evitar este cenário”, concluiu.

Foco na faixa de baixa renda

Outra autoridade que falou sobre o plano de qualificação profissional em Apucarana foi a secretária Municipal da Assistência Social, Ana Paula Nazarko. “Esses cursos direcionados às famílias de baixa renda, em especial, deixam-me ainda mais contente enquanto gestora pública. São oportunidades que atingem pais e mães, a maioria de nossos alunos da rede municipal. Cursos caros, que dificilmente essas pessoas reuniriam condições de pagar, que chega agora gratuitamente. Só quem acompanha tem a real noção do quanto mudará a história delas. Cursos padronizados, de qualidade, com certificado válido em todo o Brasil. Em resumo, serão de grande importância para essas famílias”, detalhou a secretária.

As famílias que têm direito aos benefícios oferecidos pelo programa Bolsa Família, e que poderão ter acesso aos cursos, são aquelas em estado de extrema pobreza que possuem renda per capita menor que R$ 85 ou aquelas em estado de pobreza, que possuem renda per capita de R$ 85,01 a R$ 170 ao mês, e têm em sua composição gestantes e crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos.

Os cursos com inscrições abertas são: eletricista residencial básico (40 horas); programador de bordado computadorizado (80 horas); aplicador de revestimento cerâmico (40 horas); instalação de travas, vidros elétricos e alarmes automotivos (40 horas); noções de mecânica em motocicletas (80 horas); noções básicas de mecânica automotiva (40 horas); costura industrial (120 horas); serralheria em aço e carbono (80 horas); e auxiliar de pedreiro (160 horas). “Os interessados devem ser beneficiados pelo Bolsa Família.

A inscrição pode ser feita no Centro de Qualificação Total da Prefeitura de Apucarana ou em qualquer um dos quatro CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) da cidade”, informa Ana Paula Nazarko, secretária Municipal da Assistência Social. O Centro de Qualificação Total funciona na Rua Ouro Verde, 300 – Jardim América, e o telefone de contato é o 3426-7241.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber