Apucarana

Carlos Neme, um “atirador de elite”

Da Redação ·
Carlos Neme, um “atirador de elite”
Carlos Neme, um “atirador de elite”
Carlos Neme, um “atirador de elite” fonte: Reprodução

O médico oftalmologista Carlos Augusto Correa Neme, 64, é um dos personagens que marcaram a história de Apucarana nos Jogos Abertos do Paraná, o principal evento esportivo do Estado. 

continua após publicidade

Apucarana volta a sediar a competição da 17 a 26 de novembro, em sua 60ª edição. A cidade já havia recebido os JAP´s em 1965, 1980 e 1993. No Tiro ao Alvo, Carlos atuou como atleta e técnico, dirigindo as equipes masculina e feminina de Apucarana nos JAP´s. De 1985 a 2000, Neme foi a referência da cidade nas provas de revólver calibre 38 e carabina calibre 22.“Em Apucarana nós treinávamos no estande de tiro do 30º Batalhão de Infantaria Mecanizada.

 E nos Jogos Abertos do Paraná, nossa equipe sempre ficou bem classificada, mas sem chegar a conquistar os primeiros lugares”, lembra.Dos companheiros que integravam o time, o médico recorda de José Carlos Bueno (in memorian), de seu irmão Cláudio Neme, do então capitão Joacyr (PM), e Israel Pereira, o “Polaco” (Borrazópolis). “Para nós é uma grande satisfação receber uma edição histórica dos Jogos Abertos, vamos torcer para nossos atletas e equipes e receber com carinho os visitantes”, diz Neme.