Apucarana

Conselho de Segurança dá dicas para quem vai viajar neste feriado

.

Muitas pessoas fazem as malas e viajam para aproveitar o feriado. E é justamente neste período que os criminosos resolvem agir. Para garantir a segurança da casa enquanto os moradores estão fora, o Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) de Apucarana destaca atitudes simples que podem evitar vários transtornos. Os cuidados incluem dicas para a segurança residencial e da família durante a viagem. Confira as orientações abaixo.

Antes de viajar:
– Não passe informações da sua viagem (local, data de saída e data de chegada);
– Se possível, peça para uma pessoa de sua confiança recolher as correspondências, jornais e até os dejetos de cachorro se houver, verificar movimentos estranhos de pessoas rondando a residência;
– Não deixe as luzes acesas durante o dia, pois isso significa ausência de moradores;
– Se possível, instale um aparelho de fotocélula para acender e apagar as luzes externas à noite e de dia, respectivamente;
– Deixe algum telefone de contato com um vizinho, parente ou amigo, para informarem alguma ocorrência;
– Em condomínios fechados ou edifícios não deixe as chaves na portaria;
– Se possível, instale um sistema de monitoramento de alarme e imagens, contratando uma empresa especializada em segurança eletrônica.

Na estrada
– Dirija com os vidros fechados, usando o sistema interno de ventilação e portas travadas;
– Não deixe os seus documentos no porta-luvas;
– Evite também deixar à mostra (ou mesmo sob os bancos) embrulhos, pastas, malas e bolsas – o ideal é colocá-los no porta-malas do carro;
– No carro, evite adesivos, placas ou crachás que identifiquem o local onde você mora ou costuma frequentar;
–  Fique atento ao retrovisor de seu carro e mantenha o veículo engatado em 1ª marcha e distante do carro da frente o suficiente para arrancar, em caso de emergência;
– Evite atividades que tirem sua atenção do ambiente ao seu redor quando estiver parado (ex.: maquiar-se, falar ao celular, ler jornal, etc);
– Se for fumante, não fume parado no trânsito e muito menos com a janela aberta, pois essa conduta facilita a ação de criminosos;
– Se perceber estar sendo seguido por outro veículo, procure agir com naturalidade e dirija-se para ruas movimentadas;
– Ocorrendo uma leve colisão na traseira do seu veículo e você desconfiar de algo, dirija-se até um local movimentado e procure uma viatura ou posto policial;
– Evite ostentar o uso de joias, celulares, câmeras digitais, notebooks ou tablets.

Rodoviárias e aeroportos
– Procure trocar o dinheiro somente em casas de câmbio ou bancos autorizados e, e possível, não o faça nas rodoviárias ou aeroportos;
– Utilize somente táxis credenciados;
– Não exiba grandes quantidades de dinheiro, tablets, relógio ou joias, pois despertam a atenção e o interesse dos ladrões;
– Evite carregar passaporte e cheques de viagem, e em caso de extravio comunique imediatamente a polícia;
– Normalmente as malas são muitas, então, não as perca de vista nem por um minuto;
– Use etiquetas grandes e/ou coloridas que permitam a fácil identificação de suas malas nas esteiras ou balcões de entrega, evitando assim a perda dos seus pertences ou lhe traga facilidade para identificá-los, caso tenha perdido;
– Não se descuide das bagagens de mão dentro do ônibus ou avião, fique sempre atento;
– Não deixe a bolsa, carteira ou pacotes em locais abertos ao público sem a devida vigilância;
– Evite fazer compras estando sozinho (a), os meliantes aproveitam-se de qualquer descuido;
– Não entre em lojas muito cheias, procure fazer compras em horário de menor movimento, isso vale também para ida ao banco;
– Em ônibus com poucos passageiros prefira ficar próximo ao motorista ou ao cobrador;
– Se estiver com crianças: alerta dobrado! Elas costumam ficar impacientes enquanto esperam e a qualquer descuido do responsável elas podem se perder ou mesmo serem sequestradas.

Fique atento
– Evite andar por ruas, calçadões e praças mal iluminadas ou em horário muito avançado, principalmente em locais desconhecidos, pois estes são os pontos preferidos pelos meliantes que se aproveitam das condições para atacar suas vítimas;
– Caso precise pedir informações, procure alguém autorizado ou dirija-se a um balcão de informações;
– Não peça ajuda ou informações para pessoas estranhas. Procure se informar sobre o local visitado com gente de confiança (recepção dos hotéis ou dono do imóvel locado) antes de sair;
– Não reaja durante um assalto. Mantenha-se calmo (a), por mais difícil que possa ser.
– Lembre-se de que o assaltante está atrás do dinheiro ou pertence de valor e costuma atirar somente quando fica assustado ou acuado, principalmente diante de uma situação de risco para ele.