Mais lidas
Apucarana

Atendimento de prótese dentária cresce 120% em Apucarana

.

Atendimento de prótese dentária cresce 120% em Apucarana
Atendimento de prótese dentária cresce 120% em Apucarana

Com a oferta de 1.850 próteses ao ano, o Programa Municipal de Prótese Dentária da Autarquia Municipal de Saúde (AMS) já se consolidou como um importante complemento do atendimento de implante dentário, hoje uma referência nacional pelo Sistema Único de Saúde (SUS). 

Entre outros atendimentos, como endodontia (tratamento de canal), próteses, periodontia (tratamento da gengiva), cirurgia oral menor (extração de dente do siso), ofertados no Centro de Especialidades Odontológicas da AMS, os de prótese e implante dentário a cada dia ganham mais destaque pelo crescente número de procedimentos realizados ao longo dos últimos quatro anos. 
Nem todos os pacientes podem ser reabilitados através de implantes. São casos de pessoas com estágios avançados de diabetes, hipertensão e com estrutura óssea insuficiente para implante, entre outras condições. 

“Para atender essa demanda lançamos o programa municipal de próteses totais ou parciais removíveis que são confeccionadas no laboratório de próteses dentárias do município, localizado no prédio da Autarquia Municipal de Saúde”, informa o diretor presidente da AMS, Roberto Kaneta.

“Cada paciente tem uma condição. Para alguns a única alternativa é realizar a prótese tanto inferior como superior. Outros reúnem condições para colocar implante em uma das arcadas e prótese na outra”, explica o superintendente do Departamento de Odontologia da AMS, Cezar Verona.

Em 2013, a partir do incentivo do prefeito Beto Preto, o programa municipal de prótese foi ampliado. “Também houve melhoria no material utilizado, de qualidade superior e com as melhores marcas do mercado, com dentes de tripla prensagem, de alta durabilidade e estética”, compara o protético Waldir Firman, responsável pela confecção das próteses da AMS. 

Pacientes comemoram resultados

Maria Cândido Nascimento, 70 anos, moradora do Jardim Iguatemi, recebeu sua prótese parcial superior e prótese total inferior nesta semana. “Fui avaliada no setor de implantes, mas não foi possível realizar o implante devido ao meu nível de hipertensão. Esperava por este momento há oito anos, quando comecei a perder meus dentes. Estou muito contente”, comemora o resultado ao se ver no espelho com as próteses.  

Lorival Carlos Marques, 58 anos, morador do Núcleo Vale Verde, devido à estrutura óssea insuficiente, não atendeu as condições para o implante dentário completo. Após receber o implante total inferior, Lorival foi mais um caso encaminhado para o setor de prótese. O resultado ele conferiu também nesta semana, quando recebeu a prótese superior. “O dente é a cartão de visita de uma pessoa. Gostei muito do resultado. Essa é uma grande oportunidade que estão oferecendo para população em Apucarana. Não é em todo lugar que isso acontece”, afirma Lorival. 

“Produção mais que dobrou”, diz Dr. Emídio

“A partir do início do primeiro mandato do prefeito Beto Preto, confeccionamos em média de 1800 a 1850 próteses por ano. Entre 2013 e setembro de 2017 foram entregues 6.997 próteses. O número mais que dobrou em relação às administrações anteriores, quando eram feitas de 800 a 850 próteses anualmente”, complementa vice-presidente da AMS, Emídio Bachiega.

O programa municipal de prótese realiza atendimento a partir de encaminhamentos das UBSs e ainda atende o Lar São Vicente de Paula, Casa da Misericórdia, Centro Pop e Projeto Renascer. “O programa de prótese juntamente com o de implantes se complementam no esforço da administração municipal de valorizar a saúde e a auto- estima dos pacientes da saúde bucal de Apucarana. Dessa forma procuramos atender as necessidades de cada cidadão apucaranense”, afirma o prefeito Beto Preto.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber