Apucarana

Faturamento agrícola chega a quase R$ 3,5 bi na região

Da Redação ·
Quebra da safra de 2016 da soja afetou faturamento agrícola (Foto: Ivan Maldonado/Arquivo)
Quebra da safra de 2016 da soja afetou faturamento agrícola (Foto: Ivan Maldonado/Arquivo)

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) atingiu, no ano passado,
R$ 3,49 bilhões nos 26 municípios do Vale do Ivaí mais Arapongas e Sabáudia. O  resultado corresponde a um crescimento de 2,6% em relação a 2015, quando o faturamento regional da agropecuária alcançou R$ 3,44 bilhões.

continua após publicidade

Os dados finais do VBP 2016 foram divulgados nesta semana pelo Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab). O resultado vai compor a cesta de índices que são utilizados para calcular os repasses do governo do Estado ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM), referente ao ICMS no ano que vem.

Arapongas registrou o maior Valor Bruto da Produção Agropecuária na região, com R$ 309,6 milhões. O município incrementou o faturamento em 1,3%, já que no ano anterior o rendimento do campo foi de R$ 305,4 milhões.  O carro-chefe de Arapongas foi o frango de corte, que movimentou R$ 93 milhões, seguido dos ovos de galinha (R$ 80 milhões) e a soja (R$ 56 milhões).

continua após publicidade

Apucarana ficou em segundo lugar na região, com VBP de R$ 302,3 milhões. A cifra superou em 3,4% os números registrados em 2015, quando o faturamento agrícola foi de R$ 292 milhões. O frango de corte também é a principal força agrícola do município, com giro de R$ 139 milhões, seguido da soja (R$ 63 milhões) e café (R$ 19 milhões).

Os resultados da região foram comprometidos, principalmente, pela chuva na colheita da soja na safra 2015/2016. (Leia mais amanhã na edição impressa da Tribuna do Norte)