Apucarana

Concurso de redação incentiva alunos a conhecerem a história de Apucarana

Da Redação ·
​A Autarquia Municipal de Educação apresentou, na tarde de domingo os três vencedores do concurso. Foro: Divulgação
​A Autarquia Municipal de Educação apresentou, na tarde de domingo os três vencedores do concurso. Foro: Divulgação

A Autarquia Municipal de Educação apresentou, na tarde de domingo (17), os três vencedores do Concurso de Redação da Festa do Café. Desenvolvida em parceria com a Associação dos Cafeicultores de Apucarana e a Secretaria Municipal da Promoção Artística, Cultural e Turística, a atividade buscou incentivar os alunos a conhecerem a história da cidade onde moram.

continua após publicidade

A quarta edição do concurso contou com a participação de 1.314 estudantes, matriculados no 4º ano do ensino fundamental, nas 37 escolas da rede municipal de ensino.

“Primeiramente, as crianças visitaram o Museu do Café, no Distrito de Pirapó, e aprenderam um pouco mais sobre a colonização apucaranense. Depois, elas foram convidadas a escrever um texto sobre o tema A História e a Tradição do Café,” explicou a secretária municipal de Educação, Marli Fernandes.

continua após publicidade

A escolha das redações vencedoras aconteceu em duas etapas. Os professores e coordenadores selecionaram o melhor texto de cada escola e enviaram à Autarquia Municipal de Educação, onde uma comissão julgadora destacou apenas três deles. Os critérios usados foram adequação ao tema, originalidade, criatividade, coerência, coesão textual, ortografia e pontuação.

Os alunos Giovana Lourenço, David Miguel Duarte e Evelyn Gabrielly Ribeiro Machado tiveram os trabalhos reconhecidos. Eles estão matriculados, respectivamente, na Escola Municipal do Campo Padre Antonio Vieira, Escola Municipal José Idésio Brianezi e Escola Municipal Presidente Médici.

As três crianças receberam medalhas de honra ao mérito. A secretária Marli Fernandes felicitou os envolvidos no concurso. “Cumprimento os diretores, coordenadores e professores por incentivarem os alunos a explorarem, pesquisarem e aprenderem sempre mais, e parabenizo às crianças pelos belos textos produzidos. A maior conquista certamente é o conhecimento adquirido”, disse.