Apucarana

Apucarana agrega mais 11 consultórios odontológicos 

Da Redação ·
Apucarana agrega mais 11 consultórios odontológicos
Apucarana agrega mais 11 consultórios odontológicos

A aquisição de mais onze consultórios odontológicos e a transferência do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) para um prédio 750 metros quadrados, destinado exclusivamente ao atendimento nesta área, acaba de ser viabilizada por Apucarana. Os importantes avanços do setor de odontologia da saúde pública municipal foram anunciados pelo prefeito Beto Preto, em evento realizado nesta sexta-feira (15), na Autarquia Municipal de Saúde, com a presença da senadora Gleisi Hoffmann.

continua após publicidade

Segundo o prefeito Beto Preto, os novos consultórios odontológicos foram adquiridos com recursos de emenda parlamentar da senadora Gleisi Hoffmann, no valor de R$ 148.600,00. “Os equipamentos já estão sendo instalados no novo endereço do CEO, na Rua Miguel Simeão, 66, exatamente em frente à Autarquia Municipal de Saúde”, anuncia Beto Preto.

“Foram investidos R$ 101.493,10 nos onze consultórios, R$ 8 mil em mobiliários e mais R$ 2 mil na compra de uma bomba sugadora de alta potência. E com a economia obtida no processo de licitação, vamos adquirir mais três consultórios odontológicos e mais três bombas sugadoras de alta pressão”, detalha o superintendente do Departamento de Odontologia da AMS, Cezar Verona.

continua após publicidade

Já o valor da contrapartida do município, de R$ 110 mil, será destinado à compra de equipamentos de infra-estrutura do CEO, como compressores odontológicos, autoclave para esterilização, bombas sugadoras de alta pressão, canetas de alta rotação, entre outros.

Em sua nova sede, o Centro Especialidades Odontológicas vai contar com uma estrutura de atendimento formada por 22 consultórios odontológicos, sendo 11 novos recém-entregues, 3 que serão adquiridos com parte do recurso da emenda parlamentar e 8 que já existiam. “Serão 12 consultórios no primeiro andar e 10 no 2º andar. As novas instalações ainda vão abrigar a central de esterilização, bem como a administração, o almoxarifado e arquivo da odontologia”, detalha o vice-presidente da AMS, Emídio Bachiega.

Beto Preto anuncia que o Centro de Especialidades Odontológicas deve começar a atender no novo endereço num prazo de 90 dias. “Será necessário adequar as instalações elétricas e hidráulicas para a prática da atividade odontológica no novo prédio”, acrescenta o prefeito, lembrando que atualmente o CEO funciona no primeiro andar da Autarquia Municipal de Saúde.

continua após publicidade

“Com essa crise social, que também afeta a saúde, as emendas parlamentares, como a da Senadora Gleisi Hoffmann, reforçam investimentos na saúde, beneficiando toda população, principalmente a parcela que mais necessitam do atendimento do SUS”, avalia o secretário de saúde, Roberto Kaneta.A senadora Gleisi Hoffmann disse que Apucarana, com o prefeito Beto Preto, dá mostras de competência também nesta área da saúde pública. “Quando os recursos públicos são bem aplicados, principalmente em favor da população, é muito prazeroso poder contribuir neste processo”, assinalou a senadora.   

Apucarana é referência nacional em implantodontia

Paralelamente aos atendimentos de várias especialidades odontológicas, como endodontia (tratamento de canal), próteses, periodontia (tratamento da gengiva), cirurgia oral menor (extração de dente do siso), o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) na Autarquia de Saúde se tornou referência nacional em implantes dentários pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O município, que começou a ofertar o serviço em 2013, já realizou 19.830 implantes em 5.117 pacientes. Levantamento feito junto ao portal DataSus aponta Apucarana como o município com maior número de procedimentos realizados em 2017 em todo Brasil. De janeiro a julho deste ano foram 9.587 implantes.
Em fevereiro deste ano, o serviço de implantodontia foi ampliado para pacientes da 16ª Regional de Saúde (RS) de Apucarana e também para a 22ª RS de Ivaiporã, que somam 33 municípios. Mais de 1.000 pacientes de 20 municípios da região já foram atendidos, com previsão de realização de 3 mil implantes.