Apucarana

Sesc promove semana dedicada à literatura em Apucarana

Da Redação ·
Semana literária do Sesc começa na próxima segunda-feira (18). Foto: Assessoria
Semana literária do Sesc começa na próxima segunda-feira (18). Foto: Assessoria

Com o tema “Literatura em Movimento: travessias do tempo e do espaço”, a Semana Literária Sesc PR e Feira do Livro chega a sua 36ª edição, em 23 cidades paranaenses. Palestras, oficinas e encontros promoverão reflexões sobre a literatura e a maneira como ela transita no tempo e no espaço

continua após publicidade

De 18 a 23 de setembro, o Sesc PR promove em todo o estado uma das maiores feiras e encontros literários do Brasil, a 36ª edição da Semana Literária Sesc PR e Feira do Livro. O evento ocorre simultaneamente em Apucarana e em outras 22 cidades paranaenses. Neste ano, a programação traz como tema central a “Literatura e(m) movimento: travessias do tempo e do espaço”.

“Durante seis dias, reuniremos mais de 425 atividades, entre mesas-redondas, oficinas, apresentações artísticas, exibição de filmes, entre outras; com a presença de mais de 160 convidados, além de livrarias e editoras universitárias presentes”, revela a diretora de Educação, Cultura e Ação Social do Sesc PR, Maristela Massaro Carrara Bruneri.

continua após publicidade

A semana proporá uma reflexão sobre a literatura e o potencial que ela tem de trânsito. “A ideia de trânsito se desdobra em várias compreensões. Mobilidade pode se referir à literatura como sendo capaz de estabelecer interfaces com a música, a dança, a performance, as artes plásticas, a memória, contaminando-as com características através do tempo e do espaço”, destacam os curadores da Semana Literária.

Em todo o estado, editoras e livrarias comercializarão livros com descontos sobre o valor de capa. A expectativa é que em todo o evento, nas 23 cidades, mais de 40 mil livros sejam comercializados.

A programação completa  está disponível no site www.sescpr.com.br/semanaliteraria.

continua após publicidade

Confira a programação para Apucarana:

18 a 22/09 (seg a sex) – 9h | 14h

Intervenção Literária.

continua após publicidade

Local: Escolas estaduais da cidade.

Público: Estudantes.

continua após publicidade

Sinopse:

O escritor apucaranense Caio Silva, autor de “Caos em Meio à Calma”, irá itinerar nas escolas da cidade, realizando bate-papos com os alunos da rede. A proposta é refletir sobre o incentivo à leitura, formação de leitores e escritores. O poeta convidado irá levantar discussões sobre possibilidades de trânsito da poesia na vida cultural contemporânea, quais lugares a poesia ainda consegue ocupar na apreciação e criação literária dos jovens do século 21.

continua após publicidade

18/09 (seg) – 19h30

Mesa-redonda – Trânsito Literário na Rede

Escritores convidados: Rogério Pereira e Sérgio Rodrigues

continua após publicidade

Local: Salão Social do Sesc.

Endereço: Rua São Paulo, 150.

continua após publicidade

Público: Adulto.

Sinopse:

É fato que o século XXI registra grande profusão de informações e conteúdos que circulam em todas as direções. As sociedades, as comunidades, os grupos, as pessoas são ávidas por informação e conhecimento. A internet sem dúvida é a grande responsável por criar esta demanda e movimento. Neste cenário, a literatura tem um grande potencial de trânsito na perspectiva do alcance de uma maior audiência, da produção, da criação e do compartilhamento de histórias.  Não há exagero na afirmação: a internet democratizou a atividade literária. Neste encontro, os convidados atualizam o debate sobre a circulação da literatura na internet.

continua após publicidade

Rogério Pereira nasceu em Galvão (SC), em 1973. É jornalista, editor e escritor. Em 2000, fundou em Curitiba o jornal Rascunho – uma das raras publicações sobre literatura no Brasil. É idealizador do Paiol Literário, projeto que já recebeu cerca de 60 grandes nomes da literatura brasileira para debates literários na capital paranaense. Desde janeiro de 2011, é diretor da Biblioteca Pública do Paraná, onde coordena o Plano Estadual do Livro, Leitura e Literatura; o Sistema de Bibliotecas Públicas Municipais do Paraná e o Núcleo de Edições da Secretaria da Cultura. Tem contos publicados no Brasil, Alemanha, França e Finlândia. É autor do romance Na escuridão, amanhã (Cosac Naify), finalista do prêmio São Paulo de Literatura, menção honrosa no Prêmio Casa de Las Américas (Cuba), e traduzido na Colômbia

Sérgio Rodrigues (1962). Vencedor do Grande Prêmio Portugal Telecom 2014, com o romance O drible, é um escritor, crítico-literário e jornalista mineiro que vive no Rio.

Publicou ainda o almanaque Viva a língua brasileira! e os romances Elza, a garota e As sementes de Flowerville, entre outros títulos.

continua após publicidade

Seus livros foram traduzidos para o inglês, o francês, o espanhol e o dinamarquês, com lançamentos em oito países. É colunista da “Folha de São Paulo”, da CBN e do programa Conversa com Bial, da TV Globo.

Desde 2006, edita o blog Todoprosa, referência na web literária brasileira. Em 2011, ganhou o Prêmio Cultura do Governo do Estado do Rio pelo conjunto de sua obra.

continua após publicidade

19/09 (ter) – 19h30

Mesa-redonda: Gente grande já foi pequena – o narrador infantil como observador do cotidiano na literatura

Escritores convidados: Mário Rodrigues e Franklin Carvalho

continua após publicidade

Local: Salão Social do Sesc.

Endereço: Rua São Paulo, 150.

Público: Adulto.

continua após publicidade

Sinopse:

Quando a criança se transforma em adulto? É assim, feito um clique? Ou acontece devagar, com cada pedaço da vida se acumulando sobre o outro? E depois que morre, a criança é pra sempre criança? Ou do outro lado da vida só tem espaço para gente grande?

continua após publicidade

É do ponto de vista da infância que os autores Mário Rodrigues e Franklin Carvalho narram suas obras mais recentes, em debate nesta mesa. Em “Receita para se fazer um monstro”, Mário Rodrigues apresenta um personagem que narra memórias cruéis de uma infância (a princípio) ficcional, como o dia em que desceu ladeira a baixo em uma bicicleta sem freio, a convite do irmão mais velho. Ao mesmo tempo, em “Céus e Terra”, Franklin Carvalho apresenta um menino sem nome que, morrendo logo na primeira página do romance, narra o cotidiano da cidade onde morava. O observador fantasma amadurece com a morte, como se ali, no ato de morrer, entendesse os mistérios da vida, e narra, com voz digna de adulto, os costumes e crenças da região.

Mário Rodrigues é escritor, professor e editor do Jornal Literário U-Carbureto. Vencedor do Prêmio Sesc de Literatura 2016, na categoria Contos, também publicou o romance BRAZIL, 2014 (2012). O pernambucano ainda foi finalista do Prêmio Sesc de Literatura com A Curva Secreta da Linha Reta (2011) e Menção Honrosa com o livro de contos O Vendedor de Seriguelas (2010). Também mantém o blog de crítica literária "Na Estante de Mário".

Franklin Carvalho é  jornalista, pós-graduado em Direito e Processo do Trabalho e assessor de imprensa do Tribunal Regional do Trabalho. O baiano é autor de dos livros de contos independentes “Câmara e Cadeia” (2004) e “O Encourado” (2009). Em 2015, recebeu o 2º lugar no Prêmio de Jornalismo Barbosa Lima Sobrinho – Direitos Humanos, da Seção Bahia da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA), na categoria Webjornalismo.

continua após publicidade

20/09 (qua) – 19h30

Palestra Memória Caipira com Renê Faria Filho

Local: Salão Social do Sesc.

continua após publicidade

Endereço: Rua São Paulo, 150.

Público: Livre.

continua após publicidade

Sinopse:

A palestra Memória Caipira trata de literatura, história e música. O escritor londrinense

Renê Faria Filho possui um verdadeiro memorial caipira, com uma riqueza de detalhes, objetos antigos e uma atmosfera que remete à vida no Sertão. O patrimônio, um dos maiores acervos do Brasil, conta com materiais da década de 20 a 90, composto por revistas antigas, mais de 150 filmes e documentários, gramofones, televisores, vinis, fitas K7 e uma infinidade de relíquias. Com todo esse acervo montado em formato de exposição no Sesc Apucarana, o palestrante falará de sua pesquisa, como o amor pela cultura de nosso povo o levou a publicar dois volumes dos livros “Memórias Sertanejas – Um Século de Música Sertaneja”.

continua após publicidade

“Meu desejo é promover o resgate e divulgação da cultura caipira através da música, cinema, incentivo à leitura, pesquisa e interação social, dando principalmente aos comerciários e seus filhos ainda crianças a chance de ter contato com elementos caipiras da década de 20” – Renê Faria Filho.

20/09 (qua) – 20h30

Intervenção “Poesia e música Caipira”

continua após publicidade

Local: Salão Social do Sesc.

Endereço: Rua São Paulo, 150.

continua após publicidade

Público: Livre.

Sinopse:

Em palco, um duo de viola típico do Norte do Paraná, com instrumentos em mãos e alegria da Alma Cabocla. O público conhecerá, em 30 minutos, as canções, as poesias, os causos, o modo simples e rico de se escrever e cantar, as experiências vividas e retratadas nas músicas caipiras brasileiras.

continua após publicidade

21/09 (qui) – 19h30

Espetáculo musical – "O Pão Que o Diabo Ama Sou" – Edu Sereno

Local: Salão Social do Sesc.

continua após publicidade

Endereço: Rua São Paulo, 150.

Público: Livre.

continua após publicidade

Sinopse:

Com letras únicas e arranjos urbanos, Edu Sereno apresenta as músicas de seu álbum de lançamento 'O Pão Que o Diabo Ama Sou' (2016) e algumas outras do seu EP 'Esquinas, Janelas e Canções' (2013) acompanhado de Retirante Cósmico e seus instrumentos astrais, e das projeções poéticas de Gincobilando. Retratando sutilmente o cotidiano da cidade, através de suas histórias cantadas, o trio questiona valores e percepções, deixando a sensação na boca de que mais importante que as respostas, são as perguntas.

Ficha Técnica

continua após publicidade

Edu Sereno (Voz e violão)

Rafa Moraes (Guitarra e direção musical)

Arthur Krokovec (Poeta, projetista e produtor)

continua após publicidade

22/09 (sex) – 19h

Sarau de encerramento do Clube de Leitura – Noites Paranaenses.

continua após publicidade

Local: Salão Social do Sesc.

Endereço: Rua São Paulo, 150.

Público: Livre.

continua após publicidade

Por meio das diversas linguagens artísticas, o evento em formato de sarau tem como foco a cultura popular brasileira. As apresentações serão realizadas por participantes do Clube de leitura e artistas de Apucarana, com o intuito de oportunizar a expressão artística através de apresentações das histórias em quadrinhos produzidas durante os encontros, apresentações musicais, teatrais, danças, artes visuais, declamações de poesias, exposições de contos, haikais e lançamentos de livros.

Lançamento do Livro: Perplexia – Rafael Ferreira Vieira.

Perplexia é um projeto Independente, na parte que me cabe, posso lhes afirmar que a ideia brotou como algo súbito em mim, porém nada que possa ser chamado de acaso: A poesia sempre esteve intrínseca a Minh ‘alma!

continua após publicidade

Rafael Ferreira Vieira, nascido em janeiro no dia vinte e seis dos noventênios do séc. XX daquele tempo lindo e inteiro. É natural de Carapicuíba – SP, o tempo todo intenso, tenso o mundo inteiro. Pensar nossa Arte! A parte minha para todos nós em voz autêntica!

19 a 21/09 (ter a qui) – 19h30 às 22h30

continua após publicidade

Oficina de Criação Literária – Haiku’ases com Thiago Zardo.

Local: Biblioteca Sesc.

Endereço: Rua São Paulo, 150.

continua após publicidade

Público: professores da rede pública e particular.

Sinopse:

O escritor apucaranense Thiago Zardo, autor de Haiku’ases, apresentará aos professores diversos recursos para se trabalhar o Haikai em sala de aula, desde as formas tradicionais até as formas mais livres de escrita.

continua após publicidade

Conteúdo Programático:

1. Genealogia do Haikai tradicional japonês.

continua após publicidade

2. Genealogia do Haikai brasileiro.

3. Diferenças entre Haikai, Senryu, Kyōka, Haiku.

4. As três escolas japonesas tradicionais;

continua após publicidade

5. Expoentes do Haikai brasileiro.

6. Conceito, característica, princípios do Haikai tradicional.

7. Leitura de Haikais tradicionais e brasileiros.

continua após publicidade

8. Prática de Haikai: tradicional e brasileiro.

18 a 22/09 (seg a sex) – 8h30 às 21h30.

continua após publicidade

Faça Você mesmo: Exposição de fotos “Sesc na cidade do vento”

Local: Espaço de exposições do Sesc.

Endereço: Rua São Paulo, 150.

continua após publicidade

Público: Livre.

Sinopse:

Para comemorar os 70 anos de Sesc PR, a unidade do Sesc em Apucarana decidiu mostrar como se faz presente na vida dos milhares de clientes que passam e passaram pela instituição. Trata-se de uma exposição de fotos, composta por momentos registrados em imagens, um pouco da história do prédio, dos projetos, dos colaboradores e dos clientes.

continua após publicidade

Para aprender um pouco da importância da arte fotográfica ao se contar uma história, assista à videoaula da exposição, você conhecerá técnicas e dicas de como tirar uma boa “selfie”.

18 a 22/09 (seg a sex) – 8h30 às 21h30.

continua após publicidade

Espaço Leia e Troque

Local: Hall Superior.

Endereço: Rua São Paulo, 150.

continua após publicidade

Público: Livre.

O Leia e Troque é um serviço que promove a troca de livros e gibis, incentivando e conscientizando as pessoas de que, após lerem um livro, não o mantenham guardado, mas o disponibilizem ou troquem com outras pessoas para que todos tenham acesso à leitura. Essa ação de solidariedade e cooperação de livros faz com que muitos, após a leitura, doem seus livros para fazerem parte do serviço, independente de querer ou não realizar a troca. O objetivo geral deste serviço durante a Semana Literária é o incentivo à leitura por meio da socialização do livro e do respeito ao meio ambiente.

PROGRAMAÇÃO INFANTIL                                                            

19 a 21/09 (ter a qui) – 13h30 às 14h30.

Espetáculo de Contação de Histórias – “A Revolta dos Materiais” com Adriana Zanetta.

Local: Salão Multiuso.

Público: Infantil.

Sinopse:

A revolta dos Materiais é um espetáculo baseado no livro da autora, que tem a intenção de conscientizar as crianças sobre a importância com o cuidado dos materiais escolares, os livros e a vida. Tudo que se destrói, há uma consequência. Destaca o “vírus destruzelo” que contamina o coração das crianças e adultos. O livro e espetáculo foram lançados em 2014, na feira FLIM, em Maringá, também editora Inverso.

18 a 21/09 (ter a qui) – 14h30 às 15h30.

Palestra Memória Caipira com Renê Faria Filho

Local: Salão Social do Sesc.

Endereço: Rua São Paulo, 150.

Público: Infantil.

Sinopse:

A palestra Memória Caipira trata de literatura, história e música. O escritor londrinense Renê Faria Filho possui um verdadeiro memorial caipira, com uma riqueza de detalhes, objetos antigos e uma atmosfera que remete à vida no Sertão. O patrimônio, um dos maiores acervos do Brasil, conta com materiais da década de 20 a 90, composto por revistas antigas, mais de 150 filmes e documentários, gramofones, televisores, vinis, fitas K7 e uma infinidade de relíquias. Com todo esse acervo montado em formato de exposição no Sesc Apucarana, o palestrante falará de sua pesquisa, como o amor pela cultura de nosso povo o levou a publicar dois volumes dos livros “Memórias Sertanejas – Um Século de Música Sertaneja”.

“Meu desejo é promover o resgate e divulgação da cultura caipira através da música, cinema, incentivo à leitura, pesquisa e interação social, dando principalmente aos comerciários e seus filhos ainda crianças a chance de ter contato com elementos caipiras da década de 20” – Renê Faria Filho.

18/09 a 21/09 (ter a qui) – 15h30 às 16h.

Intervenção “Poesia e música caipira”

Local: Salão Social do Sesc.

Endereço: Rua São Paulo, 150.

Público: Infantil.

Sinopse:

Em palco um duo de viola típico do Norte do Paraná, com instrumentos em mãos e alegria da Alma Cabocla. As crianças conhecerão, em 30 minutos, as canções, as poesias, os causos, o modo simples e rico de se escrever e cantar, as experiências vividas e retratadas nas músicas caipiras brasileiras.

19/09 a 21/09 (ter a qui) – 16h às 17h.

Oficina de Criação Literária com carimbos.

Local: Biblioteca.

Público: Infantil.

Sinopse:

Nesta oficina, os participantes lerão trechos de contos de autores paranaenses. Com base nestes contos, utilizando folhas de tamanho A5, farão dobras e cortes e confeccionarão um pequeno livro com quatro páginas, capa e contracapa e o ilustrarão com carimbos confeccionados em EVA.

22/09 (sex) – 14h

Cine Sesc – Uma Viagem extraordinária.

Local: Salão Social do Sesc.

Endereço: Rua São Paulo, 150.

Público: Infantil.

Sinopse:

Uma viagem extraordinária: aos doze anos de idade, T.S. Spivet é um garoto superdotado, apaixonado por cartografia. Quando ele ganha um prêmio científico prestigioso, o garoto decide abandonar sua família em Montana para atravessar sozinho os Estados Unidos, até chegar a Washington. O único problema é que o júri não sabe que o vencedor ainda é uma criança.

18/09 a 22/09 – Período da tarde

Feira do Livro Sesc.

Local: Hall de entrada.

Participantes:

- David dos Livros.

- Nosso Amiguinho.