Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Prefeitura vai investir R$ 780 mil para ampliar e reformar CMEI da Vila Nova

Loading...

APUCARANA

Prefeitura vai investir R$ 780 mil para ampliar e reformar CMEI da Vila Nova

Prefeitura vai investir R$ 780 mil para ampliar e reformar CMEI da Vila Nova

A Prefeitura de Apucarana autorizou, na tarde de ontem, a abertura de processo licitatório para a reforma e ampliação de mais uma unidade de ensino. O CMEI Vila Nova foi contemplado dessa vez.

O prédio tem mais de 40 anos de existência e demanda melhorias. “Antes de acolher a creche, o espaço já abrigou um posto de saúde e a Escola Osvaldo Cruz,” lembra o prefeito Beto Preto.A diretora interina do CMEI Vila Nova, Renata Ramos Poli, destaca as principais dificuldades enfrentadas diariamente por professores e alunos. “Como a cobertura é de calhetão, as salas de aula ficam muito quentes no verão. 

O acesso ao refeitório também é difícil devido à escadaria,” disse.A substituição da cobertura de calhetão por telhas de fibrocimento e a instalação de manta térmica estão previstas no projeto de engenharia. O prédio também será adequado às normas vigentes de acessibilidade, prevenção de incêndio e vigilância sanitária.

Outros serviços a serem realizados são a revisão das instalações elétricas e hidráulicas; a troca do piso cerâmico; a reforma das salas de aula, dos banheiros e dos setores administrativo e de serviços; a ampliação do refeitório, da cozinha, do depósito de merenda e da lavanderia; e a implantação do portal de entrada.O investimento está orçado em R$ 779.319,95 para a reforma de 500,11 m2 e ampliação de outros 182,04 m2. 

Mais vagas
“O número de vagas do CMEI Vila Nova deve saltar de 100 para 150 após a conclusão das obras,” adianta o prefeito.A secretária municipal de Educação, Marli Fernandes, afirma que a ampliação das unidades de ensino nesta gestão já possibilitou o adiantamento de uma das metas do Plano Municipal de Educação. “O PME previa que os CMEIS atendessem 50% das crianças apucaranenses, com idades de 0 a 3 anos, até o final de 2016. Entretanto, nós superamos essa porcentagem e atendemos atualmente a mais de 90% da demanda,” disse. 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias