Apucarana

Fila de espera para perícia no INSS ultrapassa 3 meses em Apucarana

Da Redação ·
Tempo de espera para perícia médica é grande na agência de Apucarana. Foto: Tribuna do Norte
Tempo de espera para perícia médica é grande na agência de Apucarana. Foto: Tribuna do Norte

De todas as agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Paraná, a de Apucarana é a que apresenta o segundo maior tempo de espera para uma perícia médica. Para passar pela avaliação, as pessoas precisam aguardar mais de três meses na fila. De acordo com a associação da categoria, a falta de médicos na unidade apucaranense é a principal causa para o extenso tempo de espera.

continua após publicidade

O agendamento para a realização da perícia médica é realizado através do site do INSS. Segundo a página da web, acessada na tarde de terça-feira (5), só é possível agendar uma perícia médica em Apucarana a partir do dia 8 de dezembro. Apenas no município de Realeza a espera é maior. Lá, a perícia só poderá ser feita no dia 1 de fevereiro de 2018.Delegado da Associação Nacional dos Médicos Peritos da Previdência Social (ANMP) para Apucarana e região, Cláudio Roberto Dias afirma que a demora é causada por dois fatores. 

“Tivemos, nos últimos tempos, um aumento nos pedidos de perícia médica. A situação econômica, com o número de desempregados aumentando, faz crescer o número de solicitações. Mas o fator que mais contribuiu foi a saída de dois peritos”.

continua após publicidade

De acordo com ele, apenas dois médicos realizam perícias na agência apucaranense. 

“Eram quatro, mas um pediu exoneração e outro foi transferido. Os médicos que continuam na unidade continuam realizando o trabalho normalmente, mas não conseguem, sozinhos, vencer a demanda”, diz.Cláudio afirma que este é um problema nacional. 

“Várias agências em todo o Brasil estão com o número de peritos abaixo do ideal. E não adianta simplesmente transferir médicos para Apucarana, porque cidadãos de outras cidades começariam a ‘migrar’ para cá, aumentando a demanda e mantendo o problema. O que a categoria espera ansiosamente é a abertura de um concurso”.

IVAIPORÃ
A agência de Ivaiporã do INSS também tem registrado um alto tempo de espera. Consultado na tarde de ontem, o site que realiza os agendamentos apontava que a unidade oferecia data para perícia apenas em 14 de novembro. No Paraná, a espera é maior apenas nas já citadas Apucarana, Realeza e em Santo Antônio do Sudoeste (29 de novembro).Já em Arapongas, uma perícia só pode ser marcada a partir do dia 16 de outubro. É o 15º maior tempo de espera no estado. Ao todo, existem 44 agências do INSS no Paraná, em 42 cidades.