Apucarana

Prefeito autoriza reforma de quadra esportiva danificada por vendaval

Da Redação ·
Prefeito assinou ordem de serviço na segunda-feira. Foto: Assessoria
Prefeito assinou ordem de serviço na segunda-feira. Foto: Assessoria

O prefeito Beto Preto assinou, segunda-feira (4) ordem de serviço para a reforma da quadra esportiva da Escola José Brazil Camargo, localizada no Núcleo Michel Soni. A estrutura foi danificada, em outubro, em decorrência de um vendaval.

continua após publicidade

O projeto prevê a reforma de 839,89 m2. “Os principais serviços serão a troca da cobertura, a revisão das instalações elétricas, a revitalização do sistema de iluminação, o fechamento lateral com mureta e alambrado, além de nova pintura e demarcação. A quadra também será adequada com rampas de acessibilidade”, adianta a engenheira Miriam Elena Favaretto Corbacho.

A Construtora G8 Eireli – EPP venceu a licitação. Ela terá prazo de 10 dias para iniciar e de 90 dias para finalizar a obra. O investimento será de R$ 189.969,09, com recursos próprios do município.

continua após publicidade

“Há um ano, nós entregamos a reforma e ampliação do prédio da Escola José Brazil Camargo. A revitalização da quadra é um complemento das benfeitorias. O dinheiro já está em caixa e a empreiteira o receberá conforme as medições,” disse o prefeito Beto Preto.

A Escola Municipal José Brazil Camargo atende aproximadamente 230 alunos, matriculados na educação infantil, nos anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º) e em sala de recursos.

“Nossos alunos vêm participando e se destacando em vários eventos esportivos. A reforma da quadra será um incentivo a mais para eles,” afirma a diretora escolar, Miriam Montanholi Dariva.

continua após publicidade

Desde o início da gestão, o prefeito Beto Preto já autorizou a execução de obras em mais de 40 prédios escolares. A maior parte delas já foi concluída. Atualmente, estão em andamento as construções do CMEI do Núcleo Afonso Camargo, do CMEI do Jardim Catuaí e do CMEI do Residencial Celso Marchi, as reformas e ampliações das Escolas Presidente Médici, Humberto de Alencar Castelo Branco e Mateus Leme, e a reforma do CMEI da Vila Operária.  O montante aplicado nas obras ultrapassa R$ 24 milhões.

“A estrutura física, o currículo e a ampliação da jornada escolar são os pilares da Educação Integral. Quando uma parte do tripé é deficiente, as outras duas também não funcionam de forma adequada. A nossa gestão entende isso e vem investindo consistentemente na melhoria dos prédios escolares,” garante a secretária de Educação, professora Marli Fernandes.