Apucarana

Rapaz foge de abordagem, joga colchão em chamas na polícia e dois PMs sofrem queimaduras

Da Redação ·
Policiais sofreram queimaduras atendendo ocorrência no Sumatra - Foto: Reprodução/Whatsapp
Policiais sofreram queimaduras atendendo ocorrência no Sumatra - Foto: Reprodução/Whatsapp

Dois policiais militares do 10º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Apucarana ficaram feridos durante atendimento de ocorrência na zona leste da cidade durante a manhã deste terça-feira (5).

continua após publicidade

De acordo como capitão Vilson Laurentino da Silva, um rapaz pilotando motocicleta recebeu voz de abordagem quando trefegava pela Avenida Aviação, próximo ao Sesi. O jovem não obedeceu a ordem de parada e foi inciado um acompanhamento tático pela PM.

O motociclista foi até um imóvel no Residencial Sumatra, onde entrou com a motocicleta. Ao entrar na moradia o rapaz, identificado pela polícia como Lucas de Souza, e seu irmão, conhecido como Daivid, que usa tornozeleira eletrônica, colocar fogo em um colchão e outros objetos e jogaram na direção dos policiais militares. Em seguida Lucas conseguiu fugir, mas Daivid foi preso. 

continua após publicidade
Rapaz foge de abordagem, joga colchão em chamas na polícia e dois PMs sofrem queimaduras fonte: Reprodução

Colchão em chamas foi jogado em policiais militares 
Foto: Reprodução/Whatsapp

Pessoas que residem próximo ao local se aglomeraram para acompanhar o trabalho da PM, que pediu reforço para a Guarda Municipal (GM).

Queimaduras nos braços
Os soldados Jorge e Aline sofreram queimaduras nos braços. Eles foram medicados e encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) para fazer exame de corpo de delito Já o Daivid foi levado à 17ª SDP para os procedimentos legais", afirmou o capitão Vilson. 

Leia mais nas edições impressa e digital de quarta-feira
da Tribuna do Norte - Diário do Paraná