Apucarana

Taxistas flagram transporte clandestino de passageiro e motorista é multado

Da Redação ·
Taxistas se unem em Apucarana para barrar transporte clandestino de passageiros - Foto: Maicon Sales
Taxistas se unem em Apucarana para barrar transporte clandestino de passageiros - Foto: Maicon Sales

Uma situação de transporte clandestino de passageiro flagrada por taxistas do ponto da Rodoviária de Apucarana resultou em princípio de tumulto seguido da aplicação de uma multa para o motorista infrator de R$ 2,7 mil. A vice-presidente da Sindicato dos Taxistas de Apucarana pegou uma corrida como passageira do motoristas sem que ele soubesse a sua identidade e indicou como destino a rodoviária de Apucarana.

continua após publicidade

A chegar no local ela pagou a corrida, se identificou e os demais taxistas cercaram o carro que fazia o transporte clandestino. A Guarda Municipal (GM) e o setor de fiscalização da Prefeitura foram acionados e o motorista infrator recebeu a multa de R$ 2,7 mil, além de ser orientado a parar com esse tipo de atividade, já que ele não paga taxas e alvará e por essa razão cobra menos pelo serviço, ,caracterizando concorrência desleal, conforme avaliação dos taxistas.

O motorista Edosn Ortiz, do ponto da Rodoviária, falou nesta quarta-feira (30) sobre a situação. 

continua após publicidade

"Esse motorista disse que era mecânico e decidiu trabalhar com o transporte de passageiros para ganhar mais, mas acho que ele estava meio desinformado quanto aos procedimentos legais para ser taxista e acabou recebendo uma multa pesada, de R$ 2,7 mil. Para ser taxista é necessário ter seguro do carro e pagar taxas e alvarás e Apucarana já tem 43 taxistas em atividade, número suficiente para atender a população da cidade", disse.


Taxistas flagram transporte clandestino de passageiro e motorista é multado fonte: Reprodução

Taxistas se unem em Apucarana para barrar transporte
clandestino de passageiros - Foto: Maicon Sales

continua após publicidade

Outros carros
Ele acrescenta que outros veículos também estariam atuando de forma clandestina no transporte de passageiros em Apucarana. 

"Quando identificarmos esses carros, vamos repassar as placas para a Guarda Municipal (GM) com finalidade de evitar que tal prática ilegal prolifere em Apucarana", completou Edson Ortiz.

Leia mais nas edições digital e impressa de quinta-feira (30)
da Tribuna do Norte - Diário do Paraná