Mais lidas
Apucarana

Apucarana conquista 6 selos do Prêmio Sesi ODS

.

Concorrendo na categoria poder público, Apucarana conquistou seis selos do Prêmio Sesi ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável). A premiação será entregue no dia 17 de outubro, durante congresso que vai reunir os finalistas e também as iniciativas que foram agraciadas com o selo. Foram certificadas ações da Autarquia Municipal de Educação, Autarquia Municipal de Saúde, Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Grupo Conviver, Patronato Municipal e Secretaria Municipal de Agricultura. 

O prefeito de Apucarana, Beto Preto, ressalta a conquista das certificações, apesar das iniciativas não terem alcançado pontuação para estar entre as finalistas do prêmio. “Na categoria poder público, Apucarana foi o município com o maior número de selos conquistados, sendo um reconhecimento do trabalho em prol dos ODS”, frisa Beto Preto. 

De acordo com Fernanda Favoratto Butenas, da Assessoria de Projetos Estratégicos do Sistema Fiep, o Prêmio ODS é um desdobramento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. “Os ODMs foram criados para o ciclo 2000/2015, quando foi definida uma nova agenda até 2030, que são os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, explica. 

O Prêmio Sesi ODS ocorre nas categorias empresa, indústria, poder público, terceiro setor e instituição de ensino. “No poder público, o regulamento estabeleceu ainda as sub-categorias municipal, estadual e federal”, completa a assessora de Projetos Estratégicos do Sistema Fiep.

Cada ação inscrita foi analisada por três avaliadores externos ao Sistema Fiep, sendo que as cinco maiores notas foram consideradas as finalistas. “Já aquelas ações que obtiveram nota acima de cinco serão agraciadas com o selo, que poderá ser utilizado nos materiais oficiais do Município ou instituição, e terão ainda a oportunidade de apresentar a ação durante o congresso”, esclarece Fernanda. 

O Congresso Sesi ODS vai acontecer  no dia 17 de outubro, em Curitiba, das 9 às 20 horas. “Pela parte da manhã, haverá um painel e à tarde a exposição dialogada, quando os representantes dos projetos têm a oportunidade de compartilhar as suas experiências, fortalecendo a rede de instituições e organizações que trabalham em prol dos ODS”, afirma, acrescentando que o anúncio do vencedor geral do prêmio e a entrega dos selos acontecerá no final do dia. 

A disputa do prêmio máximo, na categoria poder público, ficará entre as cinco ações finalistas: Câmara Municipal de Palmas e de Palmeira e os municípios de Campo Largo, Marechal Cândido Rondon e Campo Mourão.
Conheça as ações de Apucarana que obtiveram o selo do Prêmio Sesi ODS:

EDUCAÇÃO - O Departamento de Alimentação Escolar, da Autarquia Municipal de Educação, recebe o selo dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) pela terceira vez. Em 2015, o projeto NutriAção na Infância foi classificado por contribuir com a redução da mortalidade infantil. Em 2016 e 2017, a proposta “Amigos da Alimentação – de mãos dadas com a saúde” foi escolhida para receber a chancela. O objetivo do programa é prevenir e controlar o ganho de peso corporal entre os alunos no ambiente escolar, com extensão para o ambiente familiar. As principais ações desenvolvidas nas 37 escolas da rede municipal são: aulas regulares de educação nutricional, estímulo à adoção de hábitos alimentares saudáveis, prática regular de exercícios físicos e adoção de uma rotina de monitoramento do peso dos alunos. O projeto “Amigos da Alimentação – de mãos dadas com a saúde” é executado pelas nutricionistas da AME, Jaqueline de Oliveira, Laryssa Kapasi e Deise Figueiredo, com o auxílio de estagiárias do curso de Nutrição da Faculdade de Apucarana (FAP).


AGRICULTURA - O Programa Terra Forte contempla a agricultura familiar. Os produtores rurais assinam termos de cooperação técnica com o Município, visando à fertilização do solo. A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Agricultura, compra os insumos (calcário e fosfato) necessários para o desenvolvimento da atividade e os repassa sem custos aos agricultores familiares. Na seqüência são entregues mudas selecionadas de diversas variedades, além da disponibilização de assistência técnica especializada. Em contrapartida aos incentivos recebidos, cada produtor entrega parte da sua produção ao Município, contribuindo para enriquecer o cardápio da merenda escolar em toda a rede municipal. O programa já viabilizou o cultivo de uva, maracujá, goiaba, morango, figo, caqui, banana e manga. A partir de 2017, será incorporado o abacate e a atemóia.

SAÚDE - Projeto Mamãe Bebê é desenvolvido pela Autarquia Municipal de Saúde, através da Escola da Gestante, em parceria com a Concessionária Rodonorte. A Rodonorte destina imposto de renda no valor de R$ 90 mil para atender gestantes inscritas no programa Bolsa Família, que recebem um kit contendo 2 body, 1 macacão, 1 edredon e 1 bolsa. A Escola da Gestante, por sua vez, faz o trabalho de acompanhamento pré-natal, além de palestras educativas sobre aleitamento materno, cuidados com o bebê, alimentação, planejamento familiar e gravidez de risco. A meta 2016/2017 é atender 500 gestantes do Programa Bolsa Família. 

PATRONATO – O Patronato Municipal de Apucarana foi criado em 2013, através de uma parceria entre o Município e o governo do Estado. O programa atua na fiscalização do cumprimento de penas aplicadas pela Justiça Estadual, oferecendo assistência multidisciplinar e encaminhando os apenados para prestação de serviços comunitários. Atualmente, mais de 500 condenados são assistidos mensalmente, número que deve aumentar pois em breve será assinado convênio para atender também presos condenados pela Justiça Federal. 

GRUPO CONVIVER - Ofertado a pessoas idosas, visa contribuir para um processo de envelhecimento ativo, saudável e autônomo, além de assegurar um espaço de encontro com o objetivo de promover a convivência familiar e comunitária. Atualmente, existem 42 grupos que somam 1.200 participantes. Além de desenvolver atividades como o artesanato, os grupos contam com o apoio de profissionais, como assistente social e psicólogo.

FUNDO CMDCA -  O Fundo Municipal para Atendimento dos Direitos da Criança e do Adolescente ( FMADCA) tem por objetivo de facilitar a captação, o repasse e a aplicação de recursos destinados ao desenvolvimento das ações de atendimento à criança e ao adolescente. Em Apucarana, são realizadas ações como a captação de recursos através da doação de  parte do Imposto de Renda, entre outras. Anualmente, o Fundo faz o repasse dos valores arrecadados para as entidades cadastradas. 

 

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber