Apucarana

Câmara de Apucarana informatiza plenário

Da Redação ·
Câmara de Apucarana informatizou o plenário - Foto: divulgação
Câmara de Apucarana informatizou o plenário - Foto: divulgação

O presidente do legislativo vereador Mauro Bertoli, entregou aos vereadores os notebooks adquiridos recentemente através de processo licitatório. Os equipamentos serão utilizados pelos vereadores exclusivamente nos gabinetes e no plenário durante as sessões ordinárias, extraordinárias e solenes, não podendo ser retirados do prédio da Câmara Municipal. 

continua após publicidade

Ao receberem o bem móvel permanente, todos os edis assinaram um “Termo de Uso e Guarda” que ficará sob responsabilidade do departamento de Patrimônio. Uma vez por ano, todos os computadores passarão por vistoria e conferência do departamento.

“Estamos cumprindo uma das metas que traçamos no início desse mandato que era a informatização do plenário e agilização dos trabalhos na Câmara de Apucarana. A compra desses equipamentos bem como a reforma do prédio faz parte da política de renovação que implantamos aos assumir a presidência. Estamos investindo nos vereadores para que possam desempenhar melhor sua função prestando atendimento de qualidade à nossa comunidade. Entregamos os notebooks a cada vereador.

A implantação do novo sistema, ou seja, da informatização do plenário, visa reduzir custos com o fim do uso do papel, melhorias para o meio ambiente, aumento na rapidez dos processos legislativos, melhoria no ambiente de trabalho, transparência e segurança às informações, localização rápida dos documentos gerados e maior agilidade no atendimento às partes interessadas”, relata o presidente Mauro Bertoli.

Ivan Lúcio Garcia, diretor do Departamento de Informática colocou toda equipe à disposição dos vereadores para atendê-los e dar suporte no que for necessário durante a adaptação do sistema. 

continua após publicidade

“Estamos utilizando o Programa SAPL (Sistema de Apoio ao Processo Legislativo) para acompanhar a Ordem do Dia e toda tramitação dos projetos na íntegra. Além disso, os vereadores têm à disposição a internet liberada para consulta, Regimento Interno, Lei Orgânica, Leis Municipais, Constituição Federal e tudo mais que for preciso. Será uma facilidade em plenário”, explica.