Apucarana

Revisão do imposto sobre o etanol não chega aos postos de Apucarana

Da Redação ·
Petrobras anunciou nesta segunda (4) o quarto aumento consecutivo no preço da gasolina| Foto: Delair Garcia
Petrobras anunciou nesta segunda (4) o quarto aumento consecutivo no preço da gasolina| Foto: Delair Garcia

A revisão feita no reajuste do preço do etanol pelo Governo Federal ainda não chegou aos postos de combustíveis de Apucarana. Ontem, o combustível era revendido na maioria dos postos por volta de R$ 2,89 o litro. A expectativa é que, a partir da redução do tributo chegar aos postos, o etanol se torne mais vantajoso do que a gasolina para carros com tecnologia flex.

continua após publicidade

Na semana passada, o Governo Federal anunciou o aumento das alíquotas de PIS/Cofins para os combustíveis. A tributação sobre o etanol subiu R$ 0,20 por litro. Anteontem, o governo reverteu parte desse aumento. Com a mudança, segundo o Ministério da Fazenda, a tributação passará a ser de R$ 0,11. Apesar da mudança, os postos ainda não repassaram esse valor para as bombas.

“O preço está muito caro, está difícil para o motorista. Espero que essa redução seja repassada em breve, porque a alta foi muito forte e aconteceu de repente”, afirma João Adilson, mecânico de Apucarana que possui um carro movido a etanol.Já Marcelo Maiola, gerente de uma empresa de Apucarana, diz que é preciso pensar em alternativas para gastar menos combustível.

continua após publicidade

“Nessas horas, a gente tem que tentar ser criativo. Infelizmente, como preciso do meu carro para trabalhar, não tem como fazer muita coisa”, explica.De acordo com alguns postos, é possível que essa redução não chegue ao consumidor, pois a alta do PIS/Cofins ainda não teria sido repassada nas bombas. De acordo com a Agência Nacional do Petróleo (ANP), a média de preço do etanol nos postos de Apucarana é de R$ 2,86. Na semana passada, essa média era de R$ 2,67, uma diferença de R$ 0,19.

Expectativa
A expectativa é que, caso a redução de aproximadamente R$ 0,09 seja de fato repassada, o etanol se torne mais vantajoso para o consumidor do que a gasolina. “Os preços ainda não estão favoráveis para o etanol. Por isso, para quem possui carro flex, o melhor ainda é abastecer com gasolina. Caso haja o repasse, aí o etanol fica mais em conta”, diz Paulo Augusto, gerente de um posto de combustíveis de Apucarana.

A conta é simples. Embora mais barato, o etanol é um combustível que é consumido mais rápido pelo motor flex de um carro em relação à gasolina. Por isso, para identificar qual dos dois é mais vantajoso é preciso dividir o preço do litro do etanol pelo valor do litro da gasolina. Se o resultado da conta for maior que 0,7, vale a pena colocar gasolina, se for menor, o melhor é o consumidor abastecer com etanol.