Apucarana

Prefeitura melhora acessibilidade no entorno do “Santos Dumont”

Da Redação ·
Iniciativa tem por objetivo revitalização urbana e melhoria da acessibilidade no entorno da instituição educacional. Foto: Assessoria
Iniciativa tem por objetivo revitalização urbana e melhoria da acessibilidade no entorno da instituição educacional. Foto: Assessoria

Quem passou esta semana pelas imediações do Colégio Estadual Alberto Santos Dumont reparou uma movimentação de máquinas e operários da prefeitura. A iniciativa tem por objetivo revitalização urbana e melhoria da acessibilidade no entorno da instituição educacional, sobretudo em 100 metros lineares de calçada referente a trecho da Avenida Iguaçu. 

continua após publicidade

O prefeito Beto Preto destaca que o “Santos Dumont” faz parte da história do município, sendo a primeira escola da cidade inaugurada em fevereiro de 1943 sob o título de Grupo Escolar de Apucarana. “Estamos agora promovendo melhorias no seu entorno, um gesto de carinho não só para os alunos e professores, mas para a população em geral que utiliza o passeio”, disse Beto Preto.

A execução do serviço está a cargo da Secretaria Municipal de Obras. “Nesta segunda e terça-feira realizamos a remoção de algumas árvores condenadas, cujo os miolos estavam totalmente destruídos pela ação de cupins, e também iniciamos a retirada de grande parte do entulho dos trechos deteriorados de calçada, relatou Helligtonn Gomes Martins, diretor do Departamento Municipal de Obras.

continua após publicidade
Prefeitura melhora acessibilidade no entorno do “Santos Dumont” fonte: Reprodução

Ele explica que o passeio será totalmente recuperado na face da Avenida Iguaçu e, nos demais trechos – ruas Lapa e Antônio Ostrenski – o projeto e realizar manutenção do calçamento existente e poda controlada de galhos. O trecho da rua Erasto Gaertner, defronte ao prédio da prefeitura, não necessita de reparos. 

“Vamos construir um novo calçamento com concreto alisado, nos mesmos moldes da pista de caminhada e corrida do Parque Municipal Jaboti e que também levamos para o entorno do bosque municipal”, informou Martins. A projeção é de que sejam utilizados cerca de 30 metros cúbicos de concreto alisado. “A concretagem deve ter início nesta sexta-feira”, disse.

O trabalho também prevê rearborização. “Vamos plantar mudas de manacás da serra, espécie própria para área urbana, em substituição às árvores que precisaram ser removidas”, relatou o diretor Municipal de Obras. O investimento final aproximado com a empreitada é de R$10 mil.