Apucarana

Tráfico em Apucarana era comandado da Penitenciária Estadual de Londrina

Da Redação ·
Polícia Civil apresentou três integrantes da quadrilha que foram presos - Foto: Sérgio Rodrigo/TN
Polícia Civil apresentou três integrantes da quadrilha que foram presos - Foto: Sérgio Rodrigo/TN

A Polícia Civil apresentou na quinta-feira (22) três pessoas suspeitas de envolvimento com tráfico de drogas em Apucarana. As prisões, realizadas no município, e também em Jandaia do Sul, fazem parte da Operação Obstinação, que desde abril deste ano combate a venda e entorpecentes na região e apreendeu cerca entorpecentes avaliados em cerca de R$ 150 mil. Ao todo, nove pessoas serão indiciadas. 

continua após publicidade

De acordo com Marcos Felipe da Rocha Rodrigues, delegado-adjunto da 17ª Subdivisão Policial (SDP) de Apucarana, a operação teve como ponto de partida a informação de que Tiago de Souza, de 29 anos, conhecido como ‘Foca’, comandava o tráfico de drogas na região de Apucarana de dentro da 1ª Penitenciária Estadual de Londrina 1 (PEL 1).“Com essa informação, a divisão de Narcóticos da 17ª SDP começou a investigar, o que resultou em várias prisões em flagrante”, afirma o delegado. 

“A primeira delas foi a de Márcia Batista, de 40 anos. Descobrimos que ela iria trazer drogas de Londrina para Apucarana, para Maicon André Rodrigues, identificado como braço-direito de Tiago na região. Ela foi presa em abril, assim que chegou em Apucarana”. Com o apoio do Denarc de Londrina, a polícia encontrou porções de crack e cocaína, além de uma pistola 9 milímetros na casa de Márcia.No início de maio, mais duas pessoas foram presas, desta vez em Jandaia do Sul. 

continua após publicidade

A polícia descobriu que o taxista Ivan Eusébio, de 41 anos, e Bruna Matias de Souza, de 22, estavam transportando drogas de Sarandi para Jandaia do Sul. Mais tarde no mesmo mês, Maicon André Rodrigues, de 21 anos, foi preso, juntamente com Samuel Gustavo Moura, de 19. Com eles, a polícia encontrou drogas e munição de uso restrito.

Ontem (22), a Polícia Civil apresentou Márcia, Bruna e Ivan, que estão presos no Minipresídio de Apucarana. Maicon e Samuel também estão na cadeia apucaranense. Tiago continua na PEL 1. Outras três pessoas também chegaram a ser presas, mas foram soltas por determinação judicial. 

Drogas apreendidas
Ao todo, foram apreendidos 1,4 quilo de crack, 500 gramas de cocaína e diversos pinos para a comercialização da droga, 15 comprimidos de ecstasy, 374 gramas de maconha, uma porção de haxixe de aproximadamente 30 gramas, munição de uso restrito, balança de precisão, pistola 9 milímetros, entre outros itens.

Os envolvidos serão indiciados por diversos crimes, entre eles tráfico de drogas, associação para o tráfico, porte ilegal de arma de fogo e corrupção de menores. Estamos na fase final da operação, mas outras pessoas ainda podem ser presas”, afirma o delegado.