Apucarana

Autora sobre temática religiosa abre projeto “Um escritor na Biblioteca”

.

Autora de livros com a temática religiosa abre projeto “Um escritor na Biblioteca”
Autora de livros com a temática religiosa abre projeto “Um escritor na Biblioteca”

Com a proposta de promover reuniões mensais com autores da literatura brasileira para bate-papos com jovens sobre suas carreiras e obras, teve início nesta terça-feira (13/06), na biblioteca da Praça CEUs (Centro de Artes e Esportes Unificados), do Jardim América, o projeto “Um Escritor na Biblioteca”. Encabeçada pela Secretaria da Promoção Cultural, Artística e Turística da Prefeitura de Apucarana (Promatur), a estreante do circuito foi a escritora de Apucarana, Lilian Marçal de Oliveira.

Com a mediação do diretor Artístico e de Projetos da Promatur, Orisvaldo César, a escritora foi instigada a falar sobre temas variados, como processo criativo, hábitos de leitura, livros essenciais, pesquisa, bem como sua relação com as bibliotecas e a leitura. Na plateia, jovens do Programa Bolsa Agente Cidadania, implantado em outubro de 2015 pela Secretaria Municipal de Esportes e Juventude. “Trazer o escritor até a biblioteca significa muito, principalmente nessa era tão digital. Ao incentivarmos escritores a estarem mais próximos dos seus leitores, e futuros leitores, todos temos a ganhar”, assinala Maria Agar Borba Ferreira, secretária Municipal da Promatur. Ela frisa que o desenvolvimento de políticas públicas voltadas ao incremento do acesso da população à cultura é uma das bandeiras do prefeito Beto Preto.

Nascida em berço católico, a escritora Lilian Marçal de Oliveira falou sobre o interesse por assuntos religiosos e místicos. “Foi algo que aflorou espontaneamente quando parei de lecionar. Gradativamente fui me apaixonando e me envolvendo com a pesquisa e a leitura”, disse. Natural de Curitiba, há duas décadas se dedica exclusivamente ao tema.

Em sua coluna, publicada quinzenalmente na Revista UAU!, do Jornal Tribuna do Norte, de Apucarana, e Jornal da Manhã, de Ponta Grossa, sempre aborda a presença desses seres alados, além de escrever sobre outros temas ligados à religião. “O meu primeiro livro demorou 13 anos para ficar pronto. Só quem faz, sabe a dificuldade que é. Tem que ler muito, pesquisar, tirar conclusões, escolher as imagens, ver se há direitos autorais a serem pagos, escolher os temas, realizar várias revisões, conferências de conteúdo, diagramar, editar, e só depois de tudo certo editar, publicar em alguma editora e proceder a distribuição. Mas é algo muito gratificante. Tanto quem lê, quanto quem escreve adquire conhecimento, o vocabulário fica mais enriquecido, sua voz se abre, você não fica como um caramujo”, relatou a escritora apucaranense, que esteve acompanhada da jornalista Fernanda Neme, profissional que redigiu o prefácio do primeiro livro.

Sinopses – Na obra “São Miguel Arcanjo – O Defensor dos Filhos da Terra”, de 2014, a escritora apucaranense demonstra seu apreço pelo líder espiritual, conhecido em todo mundo, e compartilha conhecimento sobre esses seres alados. Já no livro de 2016, Lilian presenteia os leitores com a obra “Anjos: Mensageiros Alados de Deus…” O livro, baseado em várias obras conhecidas, como o Catecismo da Igreja Católica, ensina que a existência dos anjos é uma verdade de Fé. “Os saberes que envolvem essas duas obras contribuem, de sobremaneira, para entender mais sobre esses seres que permeiam o Céu e a Terra”, destaca a secretária Maria Agar.

Ao concluir o bate papo, a escritora Lilian Marçal de Oliveira destacou que a paixão cresceu tanto a partir do momento que virou autora que já pensa em seu terceiro livro. “Ele já está na minha cabeça. E isso é algo bem legal que gostaria de compartilhar com vocês, jovens. Assim como eu não era escritora e comecei apenas após deixar as salas de aula como professora, também pode acontecer com qualquer um aqui. Sonhem, acreditem no potencial”, incentivou.

Baseada na cidadania, na convivência e na formação, o projeto “Um escritor na Biblioteca, formatado por Orisvaldo César, tem como foco possibilitar aos adolescentes e jovens a produção e acesso aos bens culturais e artísticos, a participação em atividades esportivas e o desenvolvimento de ações que favoreçam a sua formação pessoal, profissional e política. Os encontros serão realizados a cada mês sempre na biblioteca da Praça CEUs, com um autor diferente e também um público novo.

As obras “São Miguel Arcanjo – O Defensor dos Filhos da Terra”, de 2014, e “Anjos: Mensageiros Alados de Deus…”, de 2016, estão disponível para venda na Livraria e Papelaria Nerimar, na Praça Rui Barbosa. “Exemplares também foram gentilmente doados pela autora para comporem a prateleira de autores apucaranenses na biblioteca da Praça CEUs, que é aberta à comunidade’, comunicou Orisvaldo César, diretor Artístico e Cultural da Promatur.