Mais lidas
Apucarana

Furtos caem mais de 38% no primeiro quadrimestre em Apucarana

.

PM realiza importante trabalho de policiamento ostensivo e preventivo, frisa comandante - Foto: tribuna do Norte
PM realiza importante trabalho de policiamento ostensivo e preventivo, frisa comandante - Foto: tribuna do Norte

Dados divulgados ontem pelo 10º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Apucarana, indicam que a incidência de furtos qualificados caiu 38,2% nos primeiros quatro meses de 2017, em comparação com o mesmo período do ano passado. Já os roubos diminuíram 18,7% na cidade. De acordo com o comando da PM, a redução está relacionada ao novo sistema de combate à criminalidade, implantado recentemente.

No primeiro quadrimestre de 2016, a PM registrou 455 casos de furto qualificado, como invasão de residências, arrombamento de veículos, entre outras situações. Já neste ano, os registros ficaram em 281 casos, redução de 38,2%.Foram 139 casos de roubo em Apucarana entre janeiro e abril de 2016. 

No mesmo período de 2017, as ocorrências desse tipo de crime, que utilizaviolência ou ameaça para subtrair um bem, ficaram em 113. Isso resultou em uma redução de 18,7% no número de casos, na comparação entre os períodos.O comandante do 10º BPM, tenente-coronel José Francisco Cardoso, afirma que o bom desempenho da Polícia Militar tem sido causado por uma série de fatores, em especial o novo sistema utilizado pelos policiais para identificar regiões mais violentas da cidade. 

“Esse novo sistema de georeferenciamento, que foi implantado recentemente, utiliza os dados das ocorrências passadas para identificar regiões mais suscetíveis a determinados tipos de crime. Com isso, direcionamos os policiais para esses locais, tornando o trabalho da polícia mais preciso e eficiente”, destaca.Ele afirma ainda que a criação de grupos de operações em pontos mais vulneráveis da cidade contribuiu para a queda na criminalidade. 

Policiamento ostensivo
“Fazemos um importante trabalho de policiamento ostensivo e preventivo, com rondas, blitzes e outras ações que inibem a criminalidade”.De acordo com o mesmo relatório, o número de prisões de pessoas com entorpecentes para consumo pessoal aumentou 117,9% no primeiro quadrimestre de 2017, passando de 95 para 207 casos. Prisões por tráfico de drogas também cresceram, passando de 48 para 71, alta de 47,9%. 

Cumprimento de mandados
O cumprimento de mandados de prisão subiu 94,3%, indo de 35 para 68.De acordo com o comandante Cardoso, o aumento desses índices é um dado positivo. 

Saldo positivo
“Quando há um aumento no número de furtos, roubos ou mortes, é algo obviamente negativo. No entanto, o aumento de apreensões e prisões é positivo, pois mostra que o trabalho policial está sendo feito”.A PM lembra ainda que grande parte das ações é realizada com base em denúncias, que podem ser feitas pelos telefones 190 e 0800 643 1161.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber