Mais lidas
Apucarana

Prefeito entrega 2 caminhonetes zero km e anuncia prioridade à zona rural em evento sobre segurança alimentar e conservação do solo

.

Caminhonetes foram repassadas a Jaime Gonçalves, secretário municipal de Serviços Públicos - Foto:  Divulgação
Caminhonetes foram repassadas a Jaime Gonçalves, secretário municipal de Serviços Públicos - Foto: Divulgação

No Dia Mundial do Meio Ambiente, o prefeito de Apucarana, Beto Preto, fez nesta segunda-feira (05/06) a entrega de dois veículos S10 zero-quilômetro para a Secretaria Municipal de Serviços Públicos. A entrega aconteceu durante encontro macrorregional sobre segurança alimentar e conservação do solo, realizado  no auditório Gralha Azul da Unespar/Fecea. 

Ao longo do dia, estão previstas diversas palestras e entrega de premiação a produtores que melhor zelam pela terra e água, além de moção de aplauso a cafeicultores da região que se destacaram no concurso Café Qualidade Paraná.

Mario Bezeera, Jaime Gonçcalves e Beto Preto: prioridade à zona rural
Foto: Divulgação

Veículos adquiridos com recursos próprios
Adquiridos com recursos próprios, as caminhonetes foram repassadas a Jaime Gonçalves, secretário municipal de Serviços Públicos. Uma das chaves foi entregue por Beto Preto e a outra pelo chefe do núcleo regional da Seab, Mário Bezerra. São duas S10 diesel traçadas, 4×4, com carroceria de madeira. O investimento total é de R$ 227.800.

Beto Preto afirma que um veículo será destinado para a supervisão das atividades na área urbana e o outro ficará focado no trabalho de recuperação de estradas rurais. “Os prefeitos que estão aqui sabem do esforço que é conseguir os recursos livres, do caixa próprio, para fazer investimentos”, comentou, citando os prefeitos de Cambira, Emerson Toledo, e de Rosário do Ivaí, Ilton Kuroda, que companharam o ato.

Foto - Divulgação

Intensificação dos trabalhos na zona rural
Nos próximos 120 dias, de acordo com Beto Preto, haverá a intensificação dos trabalhos na zona rural. “A nossa orientação nos próximos dias é o desenvolvimento de um cronograma intenso e diferenciado, visando dar trafegabilidade às estradas rurais. E o trabalho começou hoje, com a entrega destes veículos”, reitera Beto Preto.

Segurança alimentar e conservação do solo e premiação a agricultores
Produtores e técnicos de cinco regiões do Paraná estão discutindo hoje Apucarana práticas de conservação do solo e políticas públicas voltadas à segurança alimentar.

O encontro  macrorregional  sobre segurança alimentar e conservação do solo foi aberto na manhã desta segunda-feira (05/06), no auditório Gralha Azul da Unespar/Fecea.

Beto Preto, prefeito anfitrião do evento e presidente da Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi), fez a abertura das atividades. O prefeito de Apucarana destacou o Decreto nº 4966/2016, publicado governo estadual em agosto de 2016 e que criou o Programa Integrado de Conservação de Solo e Água (Prosolo). 


“O governo do Estado concedeu o prazo de um ano para pudéssemos levar essa informação aos agricultores. O trabalho de divulgação está sendo ampliado agora, pois estamos a 90 dias do fim do prazo para que os agricultores façam a inscrição no Prosolo”, afirma Beto Preto.

O prefeito de Apucarana  destacou a capacidade de produção paranaense, citando a pequena extensão do território comparada com outros estados produtores. “O Paraná tem apenas 3% do território e responde por 20 a 25% da produção de grãos, ou seja, cerca de um quarto da produção nacional. A nossa terra é muito fértil, é uma pedra preciosa e precisamos cuidar muito bem dela”, frisa Beto Preto.

Na parte da manhã, foram realizadas três palestras que abordaram a Segurança Alimentar e Nutricional (SAN), Programa de Aquisição de Alimentos, Programa Leite das Crianças e Programa Família Paranaense. A secretária Municipal de Assistência Social, Ana Paula Nazarco, afirma que uma das facetas da política de segurança alimentar, além do setor agrícola, é a inclusão social. 

“As entidades que integram o Conselho Municipal de Assistência Social recebem o alimento da agricultura familiar. É uma cadeia que envolve desde o pequeno agricultor até a pessoa carente”, afirma, apontando para um contraste que ainda persiste no Brasil. “O país é tão rico e produtivo, mas infelizmente ainda há pessoas que passam por necessidade de alimentação”, pontua Nazarco.

Evento na Fece é fruto de parcerias - Foto: Divulgação

Paraná em destaque
O chefe do Núcleo Regional da Seab e coordenador do evento, Mário Bezerra Guimarães, afirma que o Paraná é campeão na produção nacional de cevada, trigo, feijão e frango e o segundo maior produtor de leite do Brasil. “Nós queremos também ser campeões no apoio à agricultura familiar e nas questões de segurança alimentar e nutricional. O nosso papel é, além da parte técnica, socializar as informações para que as pessoas saibam como aderir aos programas e como os municípios podem desenvolver políticas próprias”, salienta Bezerra.

Ao destacar a presença de técnicos e produtores das regiões de Londrina, Jacarezinho, Cornélio Procópio, Ivaiporã e Apucarana, Bezerra disse que todos são responsáveis com a preservação do meio ambiente. “Acompanhamos notícias sobre eventos climáticos, como assoreamento de rios e devastação de florestas. Cada um de nós é responsável e não somente o Poder Público”, afirma.

Beto Preto durante encontro no Dia Mundial do Meio Ambiente
Foto: Divulgação 

Chuvas e danos ao solo
O chefe do escritório regional da Emater, Cristovon Videira Ripol, lembra que o Paraná teve recentemente, de 9 a 12 de janeiro de 2016, fortes chuvas que causaram grandes danos ao solo. “A região de Apucarana também foi bastante atingida. Temos vários exemplos, mas ainda está em tempo de adequar as áreas. O Prosolo vem para contribuir com a retomada da boas práticas de conservação, de forma cadenciada e cronológica, e que foram um pouco abandonadas ao longo do tempo”, avalia Ripol.

Evento em parceria
O encontro é uma promoção do governo do Paraná, através da Secretaria de Estado da Agricultura, em parceria com o núcleo regional da Seab, Faep, Emater, Ocepar, Amuvi, Adapar, Prefeitura de Apucarana, Cocari, Cocamar, Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, Território Vale do Ivaí, Rotary Internacional e sindicatos rurais.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber