Apucarana

Chá em homenagem ao Dia das Mães reúne 300 mulheres no Pirapó

.

 Chá em homenagem ao Dia das Mães reúne 300 mulheres no Pirapó - Foto: Sérgio Rodrigo
Chá em homenagem ao Dia das Mães reúne 300 mulheres no Pirapó - Foto: Sérgio Rodrigo

Uma tarde divertida e recheada de sabores marcou o chá tradicional em homenagem ao Dia das Mães ontem à tarde no Centro Comunitário do Pirapó. O evento, que já virou tradição no distrito apucaranense, reuniu mais de 300 mulheres, que aproveitaram para se divertir com peças teatrais, danças, bingo e, claro, diversas iguarias. Os brindes, assim como os quitutes, são fruto de doações da comunidade e do trabalho voluntário encabeçado pelo Grupo Conviver, que é formado por pessoas da terceira idade do local.

Na décima edição do evento, uma das coordenadoras, Carmem Sereia observa que toda comunidade local sempre contribui com doações para o bingo e também para fazer os diversos pratos, que são servidos ao longo da tarde. “Neste ano entregamos 340 convites gratuitamente. A nossa intenção é propor uma tarde alegre e divertida para as mães da nossa comunidade”, revela.

A também coordenadora Cleide Bilar destaca que o evento só é realizado por causa do empenho e participação, em especial, do comércio local. “Recebemos inúmeras doações, que são usadas como brindes no bingo, e também na cozinha no preparo dos pratos servidos às mães”, comenta.

Segundo ela, todas as integrantes do Grupo Conviver levaram um bolo e ajudou nos preparativos de biscoitos e salgados. Vinte e cinco pessoas participam regularmente das atividades do Grupo Conviver e algumas esperam por esse momento com um carinho especial. “Todos os anos, eu espero por esse momento, porque é um dia muito gostoso, que nos reunimos para descontrair”, diz a dona de casa Madalena Volpato, de 72 anos.

A aposentada Cleonice Belan, de 60 anos, não faz parte do grupo Conviver, mas sempre está presente também e de um jeito marcante. Ela é uma das responsáveis por divertir as mães. Neste ano a maneira encontrada foi uma peça teatral. No palco, ela fez uma paródia entre mãe rica e mãe pobre, que arrancou inúmeras gargalhadas da plateia.