Mais lidas
Apucarana

Drogas correspondem por 40% das prisões em Apucarana 

.

A cada 10 prisões, quatro são relacionadas a drogas.  (Foto - reprodução/Tribuna do Norte)
A cada 10 prisões, quatro são relacionadas a drogas. (Foto - reprodução/Tribuna do Norte)

O consumo de drogas é a principal causa de prisões em Apucarana. De acordo com um levantamento feito pelo 10º Batalhão de Polícia Militar (BPM), de Apucarana, a pedido da Tribuna, de 1ª de janeiro a 17 abril, foram 201 situações de drogas para consumo pessoal, o que corresponde a 30% do total de prisões, 683. Contabilizando os casos de tráfico, o índice aumenta para 40%. Foram 65 detidos por tráfico de drogas, correspondendo a quase 10% das prisões. Ou seja, de cada 10 prisões realizadas em Apucarana, 4 estão relacionadas com entorpecentes.

Os dados também revelam um avanço de prisões por tráfico de drogas. Em janeiro foram 13. Em abril, faltando dez dias para fechar o mês, já foram contabilizadas 20, um aumento de 53%. O número é o maior registrado nos três primeiros meses do ano.A média, no caso de consumo, é de quase duas prisões diariamente.

A tenente Kelly Wistuba de França, relações públicas do 10º BPM, de Apucarana, observa ainda que, além de consumo e tráfico de drogas, desobediência e cumprimento de mandado de judicial lideram a lista de prisões. Neste período foram 90 detenções por desobediência e 60 por cumprimento de mandado de prisão.

 De acordo com a lei o artigo 28, da lei 11.343/06, a posse de drogas, mesmo que seja para consumo pessoal, sem autorização, é passível de advertência sobre os efeitos das drogas, prestação de serviços à comunidade e medida educativa de comparecimento à programa ou curso educativo.

(Leia a matéria completa nas edições digital e impressa da Tribuna doa Norte)

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber