Apucarana

Estacionamento rotativo volta a operar na área central de Apucarana

.

Prefeitura assumiu o serviço que foi retomado nesta segunda. Foto: Tribuna do Norte
Prefeitura assumiu o serviço que foi retomado nesta segunda. Foto: Tribuna do Norte

Com 11 pontos de venda já credenciados, a Prefeitura de Apucarana retomou nesta segunda-feira (03) o sistema de estacionamento rotativo na área central da cidade. O serviço, que agora é municipalizado, será fiscalizado pela Guarda Municipal (GM) nesta etapa inicial, até que o município realize concurso público para a contratação de agentes de trânsito.

O estacionamento regulamentado disponibilizará cerca de 700 vagas para os motoristas, abrangendo a Praça Rui Barbosa, Praça do Redondo, Avenida Curitiba e ruas Professor João Cândido Ferreira, Oswaldo Cruz, Renê Camargo de Azambuja, Rio Branco, Nagib Daher, Munhoz da Rocha, Clotário Portugal, Gastão Vidigal e Miguel Simião.

“Devido à urgência e necessidade, estamos retomando o serviço com o auxílio da GM”, frisa Carlos Mendes, superintendente municipal de Trânsito. Mendes esclarece ainda que os guardas municipais não venderão talões, mas cuidarão da fiscalização e da orientação neste período de transição. “Nos primeiros dias, haverá um empenho na orientação dos motoristas, sem notificações, para que as pessoas possam se readaptar e comprar seus talões”, explica Mendes.

Os motoristas pagarão R$ 1,60 pela hora de estacionamento e R$ 0,80 por meia hora. Os pontos de venda já cadastrados são Stop Jeans (Avenida Curitiba e Praça Rui Barbosa), Foto Nikkon (Rua Oswaldo Cruz e Praça Rui Barbosa), Center Lanches, Café com Leite, Embalagens Apucarana, Raibon, Banca de Revista Cidade Alta, Nerimar, Viva com Sabor e Bar São Luiz.

Os talões do estacionamento rotativo foram confeccionados no formato de “raspadinha”. Os espaços referentes ao dia, hora e minutos serão marcados pelos próprios motoristas. “O sistema está sendo operacionalizado graças a uma parceria com o comércio, que está disponibilizando seus espaços para funcionar como pontos de venda”, ressalta Mendes, acrescentando que novos pontos de venda serão definidos nos próximos dias.

Quem ainda, porventura, possui talões da empresa que explorou o serviço até o ano passado poderá utilizá-los até o dia 30 de abril.