Apucarana

MP diz que mãe ajudou a arquitetar morte da filha para ficar com genro

.

Célia Forte é acusada pela promotoria de ter tramado a morte da filha junto com o genro. (Foto - Sergio Rodrigo)
Célia Forte é acusada pela promotoria de ter tramado a morte da filha junto com o genro. (Foto - Sergio Rodrigo)

O julgamento do Caso Jéssica que foi retomado na manhã desta quarta-feira (08) iniciou a fase de debates entre a acusação e a defesa. Neste etapa, a promotoria do Ministério Público apresenta provas que incriminam os réus. A acusada Célia Forte foi citada diversas vezes pelos representantes do Ministério Público (MP) e mencionada como coautora do assassinato.

O promotor público Gustavo Marinho fez afirmações contundentes sobre a conduta da ré Célia Forte, dizendo que ela de forma alcoviteira tramava a morte da própria filha com Bruno, dentro de quarto de motéis.

A previsão é de que a sentença dos réus saia até às 20h