Mais lidas
Apucarana

Canil policial do 10º batalhão de Apucarana completa dois anos 

.

Cães auxiliam no atendimento da polícia em situações que envolvem drogas, armas e busca de pessoas. Foto: José Luiz Mendes
Cães auxiliam no atendimento da polícia em situações que envolvem drogas, armas e busca de pessoas. Foto: José Luiz Mendes

O canil do 10º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Apucarana completa dois anos nesta quinta-feira (23). O tenente Marco Antônio Matias, responsável pela unidade, ressalta que o canil está colaborando muito no atendimento das ocorrências, sobretudo, na localização de drogas e armas.

Atualmente o canil possui quatro animais e cada um deles recebem treinamento específico para atuar em situações diversas. 

"Existem raças especiais para este tipo de serviço, pois têm capacidade maior de farejamento. Uma das melhores inclusive é o pastor belga de malinois. Temos dois cães desta raça o Aço e o Nino", comenta o tenente.

Além de Aço e Nino, o batalhão conta com o rottweiler Spike, que auxilia no patrulhamento, e o golden retriever Thor, treinado para demonstrações em escolas.  

"Cada animal tem um policial responsável pelo treinamento, alimentação, higiene. Isso fortalece o vínculo e companheirismo", ressalta.  Matias adianta que o objetivo é estruturar o canil, adquirindo mais animais para prestar um ótimo serviço à sociedade. 

"O canil se tornou de suma importância para o batalhão, pois facilita muito trabalho dos policiais. Os cães farejadores sentem o cheiro da droga por menor que seja a quantidade e indicam o local exato. Confiamos muito no trabalho deles", assinala.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber