Mais lidas
Apucarana

Hemonúcleo de Apucarana precisa manter estoques durante o feriado 

.

Doações de sangue podem ser agendadas. |Foto: Sérgio Rodrigo
Doações de sangue podem ser agendadas. |Foto: Sérgio Rodrigo

Um gesto de solidariedade antes de cair na folia. Esse é o pedido da rede Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar), para conseguir manter os estoques de sangue abastecidos durante o período de Carnaval. Em Apucarana, o Hemonúcleo vai atender normalmente até sexta-feira, retomando o atendimento na próxima quarta-feira, dia 1º de março, às 13 horas. Por dia, para atender a demanda, a unidade precisa de 30 doadores. “Precisamos de todos os tipos sanguíneos, positivos e negativos”, reforça Liana Lopes Basse, assistente social do Hemonúcleo de Apucarana.

Entretanto, ela faz um chamado especial aos doadores do tipo O negativo, que é considerado o doador universal, e A negativo, que doa para A positivo, A negativo, AB positivo e AB negativo. “Geralmente é usado o tipo sanguíneo correspondente com o paciente. Porém, em uma situação de urgência, o sangue O negativo pode ser utilizado. O contrário não acontece. O negativo só recebe de O negativo. Outro detalhe importante é que apenas 9% da população tem este tipo sanguíneo”, explica. Cada bolsa de sangue, que tem geralmente 400 ml, pode salvar até quatro vidas. O sangue pode ser usado para atender vítimas de acidentes, transplantados e pacientes com problemas de coagulação. 

“Em Apucarana, o Hemonúcleo atende o Unidade de Pronto Atendimento, o Hospital da Providência e também o Instituto do Rim, que atende pacientes de toda região da 16ª Regional de Saúde”, observa.Por isso, Liana pede para que os doadores continuem prestando este gesto de solidariedade. “É importante a regularidade, para que os estoques não tenham baixa nesse período. Também pedimos para quem ainda não teve essa experiência, que venha conhecer o Hemonúcleo e fazer uma doação”, convida. 

Unidade precisa de doações de sangue para manter estoques no feriado. Foto: Sérgio Rodrigo

A assistente social frisa que não há substituto para o sangue humano. “A Organização Mundial da Saúde recomenda que, para manter o nível estável dos bancos de sangue, é preciso que 3% da população seja doadora de sangue. No Paraná esse índice é de 2,3%, por isso, precisamos enfatizar a importância da doação em alguns períodos”, explica.

A assistente social comenta ainda que se houver um grupo de doadores, de no mínimo quatro pessoas, o Hemonúcleo disponibiliza o transporte, por enquanto, somente para Apucarana. “Nesta época de carnaval, infelizmente, ocorre um número maior de acidentes, o que demanda também de mais doadores”, assinala.


HORÁRIO
Nesta quinta-feira (23) das 13h às 16 horas; Amanhã, das 8h30 às 12 horas e das 13h às 16 horas.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber