Apucarana

Apucarana promove 4ª Miss Terceira Idade

Da Redação ·
Foto: Profeta  Apucarana promove 4ª Miss Terceira Idade
Foto: Profeta Apucarana promove 4ª Miss Terceira Idade

Além do desfile, a noite de gala de escolha da mais bela idosa de Apucarana que acontece nesta quarta-feira no Cine Teatro Fênix guarda muitas surpresas ao público

continua após publicidade

Nove candidatas, com idades entre 60 a 77 anos, disputam nesta quarta-feira (25/01), a partir das 20 horas, no Cine Teatro Fênix, o título de mais bela idosa de Apucarana. Em uma parceria entre as secretarias da Promoção Artística, Cultural e Turística de Apucarana (Promatur) e da Assistência Social, o “Miss Terceira Idade Apucarana 2017” faz parte da programação elaborada pela prefeitura em comemoração aos 73 anos de emancipação da cidade. 

Ingressos podem ser retirados no local do evento a partir de segunda-feira, das 8 às 12 horas, ou das 14 às 18 horas, ou diretamente com as candidatas. Em uma pausa dos ensaios para o grande dia, o grupo participou de um almoço com o prefeito Beto Preto. 

continua após publicidade

A confraternização aconteceu nesta sexta-feira (20/01), na sede da Associação dos Deficientes Físicos de Apucarana e Região (Adefiap). “Este concurso é uma forma de fazer a convivência acontecer. Movimenta todos os nossos grupos Conviver e é um evento que tem muitos resultados positivos, expressivos, em relação à promoção do relacionamento interpessoal”, pontuou o prefeito. Ele destaca que desde à primeira edição, em 2014, o Cine Teatro Fênix fica lotado no dia da escolha da mais bela idosa de Apucarana. 

“E só temos o que agradecer a estas mulheres que se dispõem a participar. Também a todas as demais pessoas que ajudam a fazer esta grande festa. É uma satisfação em ver o envolvimento das pessoas em diversos bairros. Da organização, à torcida (amigos e familiares) que comparece”, disse Beto Preto. A secretária da Promatur, professora Maria Agar Borba Ferreira, diz que o almoço do prefeito com as candidatas se tornou tradição e “é um momento especial de confraternização”. 

“Algo bastante agradável, onde elas nos contam um pouco sobre a história de vida, o bairro onde moram. A participação neste concurso é um momento delas, onde se divertem, fazem novas amizades”, comenta Maria Agar. De acordo com ela, a Promatur e a Ação Social estão trabalhando para um grande evento. “Nossas equipes estão se esmerando nos ensaios, na organização para que seja realmente um evento marcante”, revelou. 

continua após publicidade

Além do desfile, a noite de gala de escolha da mais bela idosa de Apucarana guarda muitas surpresas para o público. “Nosso diretor Artístico e de Projetos, Orisvaldo César, está se esmerando muito no ensaio de uma coreografia surpresa. 

Os espectadores vão se surpreender com as nossas “dançarinas” também”, concluiu. O número reduzido de candidatas nesta edição, explicou Maria Agar, é fruto de uma alteração do regulamento do concurso, que a partir desta edição impede a participação de ex-candidatas. 

“Como é um evento muito bonito, elas ganham muitos presentes, participam de muitos eventos badalados e por isso querem participar todos os anos. Devido a isto, tivemos que limitar a apenas uma participação, para dar oportunidade a outras”, explicou a secretária. A norma, de acordo com ela, foi definida em conjunto com a Secretaria da Assistência Social.

Apucarana promove 4ª Miss Terceira Idade fonte: Reprodução
continua após publicidade

A secretária interina da Assistência Social, Ana Paula Sobreira Moraes Nazarko, definiu o Miss Terceira Idade Apucarana como um evento com várias frentes, onde se pensa a mulher e a terceira idade. 

“Fazer um concurso como este traz a dimensão da importância tanto da questão do gênero quanto da questão da idade. Traz a mulher como protagonista da sua história, de uma sociedade contemporânea, do valor da mulher em muitas formas.

continua após publicidade

Além disso, valoriza a terceira idade na sua beleza diversa, da mulher que já superou as dificuldades, já criou os filhos, já venceu as dores, as lutas e agora traz a alegria, colocando-se como alguém dizendo: eu tenho a minha beleza.

Um concurso da terceira idade não fala apenas da questão física, mas de toda beleza da sabedoria, da vivência”, conclui a secretária da Assistência Social. A atual Miss Terceira Idade de Apucarana Irene Luciano de Morais (72 anos), falou da sensação de ostentar o título ao longo dos últimos meses. 

“Foi algo muito especial. Entrei no concurso mais para interagir, nem pensava um minuto em ganhar. Estava aposentada, até meio deprimida, e ter sido miss neste período foi muito bom. A Miss Terceira Idade é uma iniciativa muito boa, parabéns à prefeitura por promover, valoriza muito os idosos da cidade”, disse Dona Irene.

Ela revela que por conta do título foi convidada para inúmeros eventos ao longo do ano. “Fui a muitas inaugurações, foi muito bom”, diz. Além da satisfação de representar a melhor idade apucaranense, ela conta que conseguiu fazer muitas amizades. “Éramos em 22 candidatas e muitas delas eu não conhecia. Nos ensaios interagimos muito e nos tornamos amigas”, destaca. 

Apucarana promove 4ª Miss Terceira Idade fonte: Reprodução

Em tom descontraído, Dona Irene revela que a participação no concurso de beleza foi ainda uma realização pessoal. “Vocês sabe que quando eu era nova, eram os outros tempos, os pais não deixavam participar de nada. Agora, depois de idosa, eu me governo e aí deu certo. Participar é bom, mas ganhar é melhor ainda”, brincou a Miss Terceira Idade Apucarana. 

Ela incentiva o envolvimento dos idosos em atividades. “Eleva a autoestima, a gente percebe que está viva, é muito gostoso. Ficar parado só atrai doenças. Participem de tudo, de ginástica, academia, de danças. Só sei que não dá para parar, a vida é tão curta, temos que aproveitar todos os momentos”, depõe, dizendo que esta preparada para passar a faixa a nova miss. 

“Farei com muita alegria”, concluiu. Conheça as candidatas à Miss Terceira Idade Apucarana 2017: Aparecida Batistão, Aparecida Diogo, Eva Dias Moreno, Gema Manfroi, Irene Franzan, Josefa Maria de Lima, Maria Cleuza Muniz Franco, Maria França Fernandes e Sueli Matos.