Mais lidas
Apucarana

Incêndio na Caixa amplia procura por planos de prevenção em Apucarana

.

Incêndio na Caixa Econômica aconteceu no dia 12 de janeiro. - Foto: Jair Ferreira
Incêndio na Caixa Econômica aconteceu no dia 12 de janeiro. - Foto: Jair Ferreira

O incêndio ocorrido na semana passada na agência da Caixa Econômica Federal (CEF), na Praça Rui Barbosa, em Apucarana, gerou alerta para a necessidade de implantação de planos de prevenção e combate a incêndio, além da manutenção de equipamentos de segurança, como extintores e placas sinalizadoras. 

Entre a sexta-feira (13) e a segunda-feira (16), uma empresa especializada do setor registrou um aumento de 30% na procura por extintores e regularização do plano de combate a incêndio e instalação de sistema de detecção de fumaça. A procura reforça uma constatação do Corpo de Bombeiros, que encontrou falhas em cerca de 80% das 4.447 vistorias realizadas no ano passado.

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros de Apucarana, major Hemerson Saqueta,no caso da Caixa Econômica, o plano de prevenção de incêndio, sinalização, entre outros itens de segurança, estavam de acordo com a legislação. “Todos os itens de segurança funcionaram, o que facilitou o trabalho dos bombeiros no combate ao incêndio”, afirma. 

Na avaliação de Saqueta, a estimativa é que este índice de irregularidade diminua neste ano. “A primeira vistoria apontou que 80% a 85% apresentavam alguma falha. Nós fomos muito criteriosos nessas vistorias nos locais de concentração de público, porque é uma segurança para os frequentadores, mas também aos empresários, porque, ao seguirem às orientações, diminuem consideravelmente possíveis focos de incêndio”, analisa.

(Leia a matéria completa nas edições digital e impressa da Tribuna do Norte)

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber