Apucarana

Desrespeito à vaga de idoso cresce 30% em Apucarana

Da Redação ·
Todos os dias, em Apucarana, uma pessoa é flagrada ao estacionar de forma irregular em vagas reservadas para idosos. Foto: Sérgio Rodrigo
Todos os dias, em Apucarana, uma pessoa é flagrada ao estacionar de forma irregular em vagas reservadas para idosos. Foto: Sérgio Rodrigo

Todos os dias, em Apucarana, uma pessoa é flagrada ao estacionar de forma irregular em vagas reservadas para idosos. Desde janeiro, 354 motoristas foram multados por este motivo. O número corresponde a um acréscimo de 30% em comparação ao ano anterior. Os números fazem parte do balanço de notificações emitidas até o dia 19. A expectativa é que a quantidade de infrações aumente até o encerramento do ano. Por outro lado, o levantamento feito pelo Instituto de Desenvolvimento Pesquisa e Planejamento (Idepplan) aponta uma redução de multas por estacionar em vagas de deficientes físicos.

continua após publicidade

Neste ano, 158 motoristas foram multados por estacionar em vagas de deficiente físico contra 267 em todo o ano passado, o que representa uma queda de 40%. No total geral, houve uma queda de 5% de infrações por estacionar em vagas de idosos ou deficientes físicos. 

“O índice, na avaliação do departamento, é alto, porque sabemos que as multas representam o flagrante de uma pequena parcela. Infelizmente, isso ocorre pela falta de educação no trânsito”, avalia Carlos Mendes, superintendente de Trânsito, Transporte e Segurança, do Idepplan.De acordo com o superintendente, 3,5 mil idosos são cadastrados na Prefeitura e podem estacionar nas vagas preferenciais. “A carteirinha é do idoso e não do veículo. Por isso, quem estiver com o idoso no carro é só colocar o documento no painel num local visível”, explica. Já o número de deficientes físicos cadastrados é 403 e a regra é a mesma.Mendes observa que, de acordo com as leis de trânsito, 5% das vagas devem ser destinadas às pessoas idosos e 2% para deficientes físicos. 

continua após publicidade

Em Apucarana, 1,2 mil vagas são monitoradas pelo sistema de estacionamento rotativo. Desde montante, 65 são reservadas a este público. Quem for pego estacionando em uma vaga destinada para idoso ou deficiente físico é multado em R$127,69 e perde 5 pontos na carteira nacional de habilitação (CNH).Mendes revela que o Departamento de Trânsito do Idepplan, elabora para o próximo ano uma campanha de educação do trânsito. “Acredito que somente com educação vamos ter mais respeito”, argumenta.