Apucarana

Autarquia Municipal de Saúde adquire novos equipamentos 

Da Redação ·
Equipamentos foram comprados com recursos de R$ 1 milhão. Foto: Assessoria
Equipamentos foram comprados com recursos de R$ 1 milhão. Foto: Assessoria

Com recursos superiores a R$ 1 milhão, oriundos de emendas parlamentares, a Autarquia Municipal de Saúde de Apucarana concluiu a compra de equipamentos a serem distribuídos na rede de atenção básica. Na próxima semana serão distribuídos 18 autoclave na rede de UBSs, com investimentos de R$ 800 mil de emendas parlamentares. Ao mesmo tempo, começam a chegar 12 geladeiras para as salas de vacinas, além de três novos veículos para a Estratégia Saúde da Família, no montante de R$ 250 mil.

continua após publicidade

Os autoclaves foram entregues à Autarquia Municipal de Saúde e na próxima semana os técnicos começam a instalá-los nas UBSs. Os equipamentos, adquiridos a partir de emendas do senador Roberto Requião e deputado federal Alfredo Kaefer, serão utilizados nos consultórios dentários e ambulatórios médicos. 

A emenda do deputado federal Ênio Verri, de R$ 250 mil, será aplicada na compra de veículos para a ESF e das geladeiras, com capacidade de armazenagem de 120 litros, seguirão para as unidades de saúde que dispõe de sala de vacinas. “A atuação dos parlamentares, na defesa dos interesses de Apucarana junto ao Governo Federal, é fundamental para a manutenção de um atendimento da população na área de saúde”, afirma o prefeito Beto Preto. 

continua após publicidade

De acordo com o prefeito, este novo lote de equipamentos proporcionará maior segurança aos profissionais que atuam na atenção básica e também aos usuários do sistema único de saúde. 

Frota
Com a aquisição dos três novos veículos para a Estratégia Saúde da Família, a Autarquia Municipal de Saúde completa os quatro anos da administração Beto Preto com a renovação da frota. Ao todo, foram adquiridos 20 veículos com recursos próprios e emendas parlamentares, totalizando R$ 1.180.902,00. Na avaliação do vice-presidente da AMS, Emílio Bachiega, está renovação tem resultado em economia para os cofres públicos, com a redução no consumo de combustíveis e nos custos de manutenção. “Quanto maior o tempo de uso dos veículos, maior é o desgaste e, por conseguinte, de despesas para manutenção e conservação”, explica Bachiega. Ele complementa que veículos em melhores condições de uso oferecem segurança no transporte de pacientes e servidores da Autarquia de Saúde.