Apucarana

Neblina encobre região de Apucarana nesta segunda; motoristas devem ter cuidado no trânsito

Da Redação ·
Motoristas devem ter cuidado ao dirigir nestas condições. Foto: José Luiz Mendes
Motoristas devem ter cuidado ao dirigir nestas condições. Foto: José Luiz Mendes

Uma intensa neblina encobriu a região de Apucarana nesta segunda-feira (12). Os períodos de maior incidência foram a madrugada e o começo da manhã. Os motoristas devem tomar cuidado em qualquer ponto das vias por conta da baixa visibilidade causada pelo nevoeiro que aumenta as chances de colisões traseiras, choques com muretas de proteção ou postes de sinalização.

continua após publicidade

Nas rodovias na BR-369 - que liga Apucarana a Arapongas - e BR-376 - sentido Jandaia do Sul - são vários os pontos críticos com pouca visibilidade. Um trecho que requer muita atenção é a entrada do Distrito do Pirapó que está em obra. 

Neblina encobre região de Apucarana nesta segunda; motoristas devem ter cuidado no trânsito fonte: Reprodução
continua após publicidade

Segundo o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), o ar quente e úmido mantém mais persistente a formação de nuvens sobre o Estado e a chance de chuva permanece mais alta entre os setores norte e leste, assim como na faixa litorânea.

No oeste e sudoeste, áreas mais próximas da divisa com Santa Catarina e fronteira com a Argentina, a previsão é de predomínio de sol. As temperaturas continuam relativamente elevadas, com sensação de tempo bem abafado durante a tarde.

Como proceder ao se deparar com uma situação dessas?
A formação do fenômeno conhecido como neblina, nevoeiro ou cerração pode acontecer em questão de minutos, e é comum nesta época do ano, no período entre a madrugada e amanhã, por causa do choque de temperaturas entre uma massa de ar quente e outra fria, especialmente em regiões de serra ou próximas ao mar.

continua após publicidade

A primeira medida a ser tomada pelo motorista é buscar informações, por meio do radio ou internet, sobre o tempo e as condições de tráfego antes de colocar o carro na estrada. 

Outra medida é a de ver e ser visto. Por isso, é fundamental que o veículo esteja com o sistema de iluminação (luzes de direção, faróis, lanternas) em perfeitas condições, bem como as palhetas do limpador do para-brisa e o reservatório de água do lavador sempre cheio. Para evitar o embaçamento dos vidros, acione a ventilação ou o ar-condicionado, ou ainda mantenha as janelas abertas.

O motorista deve reduzir a velocidade e aumentar a distância do veículo que vai à frente. A partir daí, o motorista deve acender o farol baixo (a luz alta prejudica ainda mais a visibilidade) e se orientar pelas faixas de sinalização da pista.