Apucarana

PM vai reportar ocorrências de violência doméstica à Secretaria da Mulher

Da Redação ·
Parceria visa fortalecer o enfrentamento da violência contra as mulheres no município. Foto:  Assessoria
Parceria visa fortalecer o enfrentamento da violência contra as mulheres no município. Foto: Assessoria

Em comemoração ao Dia Internacional da Não-Violência Contra a Mulher (25 de novembro), a Secretaria Municipal da Mulher e Assuntos da Família (SEMAF), através do Centro de Atendimento a Mulher (CAM), anuncia a concretização de mais uma parceria visando fortalecer o enfrentamento da violência contra as mulheres no município. 

continua após publicidade

A partir de agora o 10º Batalhão da Polícia Militar (10º BPM) vai reportar à SEMAF, através de um formulário criado especificamente para este objetivo, as ocorrências de violência doméstica.

A concretização desta parceria, que faz parte da programação da Campanha 16 Dias de Ativismo de Combate a Violência Contra Mulher, foi marcada quando a coordenadora do CAM, Patricia Vecchi, entregou à tenente Kelly Wistuba, kits com os formulários para a PM notificar a SEMAF das ocorrências contra as mulheres. 

continua após publicidade

O material, juntamente com folders que divulga o serviço do CAM e incentiva a denúncia da violência doméstica, estará disponível nas viaturas da PM para utilização nos casos em que for caracterizada situação de violência doméstica. As orientações às equipes da PM sobre o preenchimento e encaminhamento dos formulários ao CAM ficam a cargo do comando do 10º BPM, mais especificamente da tenente Wistuba. 

Ela participou, em março desde ano, de um treinamento sobre tema “O papel do Agente de Segurança Pública no Enfrentamento da Violência Contra a Mulher”, ministrado pela tenente da reserva remunerada da Polícia Militar, Luci Belão. A programação da campanha “16 dias de Ativismo” desenvolvida pela SEMAF  segue até 10 de dezembro, quando é celebrado o Dia Internacional dos Direitos Humanos. 

A secretária da Mulher e Assuntos da Família, Denise Machado, reforça a orientação sobre a rede de atendimento para as mulheres denunciarem ou buscarem ajuda quando forem vítimas de violência: Centro de Atendimento a Mulher (CAM) – 3422-4479; Delegacia da Mulher – 3422-0525 ou 197; Disque Denúncia Nacional – 180.