Apucarana

Ex-policial militar vai a júri popular por assassinato em Apucarana

Da Redação ·
Julgamento começou ás 8h30 desta terça-feira. Foto: José Luiz Mendes
Julgamento começou ás 8h30 desta terça-feira. Foto: José Luiz Mendes

Um ex-policial militar está sendo julgado por homicídio nesta terça-feira (22), no Fórum Desembargador Clotário Portugal, em Apucarana. Heber Emerson Hiri, 42 anos matou Sidnei Policarpo Marques, a facadas em novembro do ano passado. Segundo informações do Ministério Público (MP), o crime aconteceu na casa de Hiri, na Rua Monteiro Lobato, no Jardim Marabá. 

continua após publicidade

Consta nos autos que o ex-PM estava em sua casa na companhia de várias pessoas, fazendo uso de bebidas alcoólicas e drogas. Em determinado momento ele teria mandado Marques ir embora de sua casa e, diante da oposição, os dois começaram a discutir e partiram para agressão física, momento que Heber desferiu as facadas. 

Ex-policial militar vai a júri popular por assassinato em Apucarana fonte: Reprodução
continua após publicidade

Após o esfaqueamento, Hiri teria tentado enganar a polícia informando que o rapaz havia sido esfaqueado na rua, no entanto, testemunhas informaram o que realmente havia acontecido e ele acabou confessando o crime. 

Heber tem registro criminal pelo crime de receptação, e foi expulso da Polícia Militar devido seu envolvimento com drogas. 

Ex-policial militar vai a júri popular por assassinato em Apucarana fonte: Reprodução

O júri é presidido pelo juiz Osvaldo Soares Neto, na acusação atua o promotor João Paulo Rodrigues da Cruz, na defesa os advogados Francieli Belan e Fernando Vilas Boas. Na segurança está o sargento da PM, Heleno Antônio Silva.