Apucarana

Trecho do livro de professor da UTFPR-Apucarana é tema de questão do Enem

Da Redação ·
 Professor Oscar Fussato Nakasato:  livro escrito por ele inspirou questão do Enem - Foto: Sérgio Rodrigo
Professor Oscar Fussato Nakasato: livro escrito por ele inspirou questão do Enem - Foto: Sérgio Rodrigo

O professor Oscar Fussato Nakasato, do campus Apucarana da Universidade Federal Tecnológica do Paraná (UTFPR), teve uma grata surpresa no último domingo (6), quando foi buscar sua filha na Unespar, após a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Isso porque uma das questões de interpretação de texto era, nada mais nada menos, sobre fragmento da obra literária “Nihonjin", escrita por Nakasato e com a qual ele ganhou o 54º Prêmio Jabuti de melhor romance, em 18 de outubro de 2012

continua após publicidade

Tal questão do Enem trata sobre práticas culturais e tradicionais nipônicas, detalhando que as mulheres seguiam a tradição de primeiro servir os homens (marido, filhos e demais familiares do sexo masculino) durante as refeições e para só depois se alimentar, ficando de pé durante o tempo enquanto os homens faziam suas refeições. 

Trecho do livro de professor da UTFPR-Apucarana é tema de questão do Enem fonte: Reprodução
continua após publicidade

"Fiquei muito contente quando fui buscar minha filha na Unespar depois do Enem e ela me contou que um trecho de “Nihonjin" foi usado para elaboração de uma questão de interpretação de texto do exame. Entendo como um reconhecimento, pois milhões de jovens em todo o Brasil leram o texto que escrevi e se debruçaram para interpretá-lo. Esse é o maior sonho de um escritor: que a sua obra seja lida pelo maior número possível de pessoas", diz o professor da UTFPR.

Feira literária na Suécia
Oscar Fussato Nakasato é professor de Literatura e Linguagem na UTFPR/Apucarana. Ele participou da Göteborg Book Fair 2016, realizada entre os dias 22 e 25 de setembro, na cidade de Gotemburgo, na Suécia

A Göteborg Book Fair é considerada o maior evento cultural da Escandinávia e, a cada ano, um tema específico permeia as discussões. Na edição de 2016, o foco foi a “Liberdade de Expressão”. A feira contou com a presença escritora romena Herta Müller, Prêmio Nobel de Literatura em 2009.  

Inglês
"Foi muito enriquecedor ter sido convidado para participar desse evento e fiquei impressionado com o tamanho da feira literária e do número de participantes. Um detalhe me chamou a atenção na Suécia: além do idioma sueco, que só é falado naquele país, toda a população domina o inglês, por conta de de inciativa governamental para difundir o idioma para a Suécia não ficar para trás no contexto de globalização mundial", completa Oscar Nakasato.