Apucarana

Jovem é julgado por assalto, estupro e tentativa de homicídio

Da Redação ·
Julgamento ocorre no Fórum Desembargador Clotário Portugal. Foto: Arquivo TN
Julgamento ocorre no Fórum Desembargador Clotário Portugal. Foto: Arquivo TN

Um jovem de 24 anos está sendo julgado nesta quarta-feira (9), por assalto, estupro e tentativa de homicídio, no Fórum Desembargador Clotário Portugal, em Apucarana. Conforme a denúncia, Everton Luan de Oliveira roubou uma farmácia em julho do ano passado acompanhado de um adolescente de 15 anos. Após o crime, Oliveira abusou sexualmente do comparsa e tentou assassiná-lo com um tiro na cabeça. 

continua após publicidade

De acordo com a acusação, Oliveira roubou R$ 120 da Farmácia Premium, na Rua Munhoz da Rocha, no centro de Apucarana. O rapaz estava armado e tomou o dinheiro mediante ameaça. 

Na sequência, os bandidos fugiram do local e seguiram para o pontilhão da linha férrea, localizado na Rua José Francisco Ferreira, no Jardim Vale do Sol. Segundo relato do adolescente, Everton apontou a arma em direção do menor e estuprou. O abuso foi comprovado por exame do Instituto Médico Legal (IML). Em seguida, Everton tentou matar seu comparsa com um tiro na cabeça. Para o Ministério Público, o rapaz tinha intenção de ocultar seus crimes de roubo e estupro. 

continua após publicidade

O julgamento é presidido pelo juiz Osvaldo Soares Neto. Na acusação atua o promotor Eduardo Cabrini e na defesa atua o advogado Luiz Fernando Vilas Boas.