Apucarana

Polícia apresenta suspeitos de assassinato e tentativas de homicídio

Da Redação ·
Três suspeitos foram presos pela Polícia Civil. Foto: José Luiz Mendes
Três suspeitos foram presos pela Polícia Civil. Foto: José Luiz Mendes

A Polícia Civil de Apucarana apresentou nesta quinta-feira (3) à imprensa três pessoas suspeitas de envolvimento em um assassinato e tentativas de homicídio. Um dos suspeitos, Willian Bengosi Rodrigues, 30 anos, é apontado pela polícia como autor de duas tentativas de homicídio. Ele foi preso em Cambira (a 24 quilômetros de Apucarana) onde os crimes foram registrados no mês passado.

continua após publicidade

Segundo o delegado José Aparecido Jacovós, chefe da 17ª Subdivisão Policial (SDP), as duas tentativas de homicídio aconteceram em sequência. No dia 12, Rodrigues, acompanhado de um menor e de Jean Augusto Alonso, 22 anos – também preso na operação – se envolveram em uma briga na festa da cidade com Wellington de Carvalho, que acabou levando seis tiros. 

A outra situação aconteceu no dia seguinte em um bar. A vítima, Paulo Gomes dos Santos, levou 5 tiros. O terceiro detido é Lucas da Silva Bueno, 22 anos, que, segundo a polícia, foi quem forneceu a arma para o assassino de Dionathan Gabriel Barbosa da Silva, 20 anos, morto em frente de casa em 21 de setembro, no Núcleo João Paulo, em Apucarana. O adolescente autor do disparo já foi apreendido. Bueno nega envolvimento com o menor. 

continua após publicidade

Polícia apresenta suspeitos de assassinato e tentativas de homicídio fonte: Reprodução

Os três suspeitos foram presos em cumprimento de prisão temporária. “Essas prisões são fruto do trabalho do setor de Homicídios da Polícia Civil, que tem conseguido resolver praticamente 100% dos crimes contra a vida em Apucarana”, comenta o delegado.

Leia a matéria completa na edição impressa (ou versão digital) desta sexta-feira (4), do jornal Tribuna do Norte.