Apucarana

MP confirma prisão de secretário municipal de Meio Ambiente e assessor, em Apucarana

Da Redação ·
Secretário de Meio Ambiente Ewerton Pires foi preso nesta manhã. Foto. Arquivo TN
Secretário de Meio Ambiente Ewerton Pires foi preso nesta manhã. Foto. Arquivo TN

O promotor de Defesa do Patrimônio Público de Apucarana, Eduardo Augusto Cabrini, confirmou a prisão de dois servidores da Prefeitura de Apucarana, na manhã desta sexta-feira (21). Segundo ele, o secretário Everton Pires e o assessor Willian Gabriel da Silva Almeida foram detidos por suspeita de corrupção e improbidade administrativa, além de tráfico de influência. O MP apura denúncia de que o secretário estaria realizando consultorias ambientais privadas dentro da Secretaria do Meio Ambiente.

continua após publicidade

MP confirma prisão de secretário municipal de Meio Ambiente e assessor, em Apucarana fonte: Reprodução

O mandado de prisão foi cumprido pelo Serviço de Inteligência (P2) da  Polícia Militar (PM). Os dois foram encaminhado à 17ª Subdvisão Policial (SDP). O delegado José Aparecido Jacovós ainda não se manifestou sobre as prisões. 

continua após publicidade

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas casas dos suspeitos e apreendidos telefones e computadores. 

Prisão temporária
Os mandados de prisão são temporários, ou seja, valem por cinco dias. O advogado dos detidos, João Batista Cardoso, está trabalhando no caso. O jurista disse que está se inteirando da acusação para definir qual a linha de defesa a ser adotada.