Apucarana

Carência afeta campus da Unespar, que só tem papel higiênico para mais 8 dias de aulas, diz diretor

Da Redação ·
O campus de Apucarana da Universidade Estadual do Paraná (Unespar) passa por uma fase de carência de recursos para custeio - Foto: José Luiz Mendes
O campus de Apucarana da Universidade Estadual do Paraná (Unespar) passa por uma fase de carência de recursos para custeio - Foto: José Luiz Mendes

O campus de Apucarana da Universidade Estadual do Paraná (Unespar) passa por uma fase de carência de recursos para custeio e segundo o diretor, professor Narciso Luiz Rasteli, a instituição só tem material de limpeza e papel higiênico para abastecer os banheiros por mais oito dias. 

continua após publicidade

A Unespar também tem unidades em Campo Mourão, Paranavaí, Curitiba, União da Vitória e Paranaguá e ameaça suspender as atividades letivas no início de outubro em todos os campi pelo mesmo problema. “O funcionamento da instituição está afetado e não há recursos para fazermos o  necessário para restabelecer a normalidade .”, afirma Rasteli.

Estudantes relatam que a estrutura do prédio está comprometida, com portas e janelas quebradas, problemas no forro, entre outros. “Chove muito aqui dentro, chove mais do que lá fora em várias salas do campus”, diz o ex-acadêmico Mateus Nascimento, que parou de estudar na instituição recentemente, até por conta dos problemas estruturais.

continua após publicidade

Uma nova ala começou a ser construída em 2012 e a previsão de conclusão era para dezembro de 2013, mas por falta de verba, a obra está parada até hoje. Na sala do diretor não há nem lâmpada e até o dinheiro da cantina está sendo usado para manter o funcionamento da instituição.

Uma acadêmica do curso de Letras/Espanhol acrescenta ainda que o ponto de ônibus em frente à Unespar de Apucarana tem pouca luminosidade à noite, o que, segundo ela, compromete a segurança no local.

A sinalização na rodovia de acesso ao campus é outra a situação questionada por alunos da instituição, por conta do intenso de tráfego de veículos que transportam acadêmicos e caminhões e da ocorrência frequente de acidentes.

continua após publicidade

ASSEMBLEIA
Uma assembleia de professores foi agendada para as 17 horas desta quinta-feira (22), com finalidade de discutir a carências de recursos e o regime de trabalho em tempo integral e com dedicação exclusiva. A informação foi confirmada poe líderanças sindicais dos educadores. 

ALERTA
Um alerta de paralisação das atividades consta em documento entregue por lideranças educacionais na terça-feira (20) à Comissão de Ciência, Tecnologia e Ensino da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), em reunião presidida pelo deputado estadual Tercilio Turini.

Na semana passada, dirigentes das universidades estaduais do Centro Oeste (Unicentro) e de Maringá (UEM) também estiveram na Alep para alertar sobre problemas financeiros e a possibilidade de suspender atividades.

continua após publicidade

REPASSE
O chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, disse que no final de agosto o governo do Estado do Paraná liberou R$ 3 milhões para as despesas de custeio da Unespar. Deste total, R$ 1 milhão é um reforço emergencial.

FOLHA DE PAGAMENTO DE R$ 82,5 MILHÕES  
Rossoni também destacou que o Estado já repassou cerca de R$ 19 milhões a mais neste ano para fazer frente ao aumento das despesas com a folha de pagamento da Unespar, que passou de R$ 63,7 milhões para R$ 82,5 milhões, até julho.