Apucarana

Festoque não abre em Apucarana; Acia ainda tenta reverter decisão da Justiça

Da Redação ·
Clientes em frente à Festoque em Apucarana: impasse (Foto: Vanuza Borges)
Clientes em frente à Festoque em Apucarana: impasse (Foto: Vanuza Borges)

O Corpo de Bombeiros realizou na manhã deste sábado (10) uma nova vistoria no Tropical Shop, onde é realizada desde a última quarta-feira a 24ª Feira de Ponta de Estoque de Apucarana (Festoque). A Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia), organizadora do evento, tenta conseguir liberação da Justiça para manter a feira funcionando. 

continua após publicidade

A Festoque não abriu como previsto às 10 horas deste sábado. Alguns clientes foram ao local e acabaram surpreendidos com o fechamento das lojas. 

Liminar concedida no início da noite desta sexta-feira (09) pela 1ª Vara Cível de Apucarana determinou a suspensão do evento. A medida atende a ação cautelar impetrada pelo Ministério Público que questiona a segurança do evento. A assessoria jurídica da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia) apresentou ontem à noite recurso para tentar derrubar a liminar, mas até agora não conseguiu convencer o Judiciário. 

continua após publicidade

A ação cautelar com pedido de liminar foi impetrada pelo promotor Thiago Cava após denúncia junto ao MP. Segundo o MP, o evento estaria sendo realizado sem autorização do Corpo de Bombeiros.  A sentença do juiz Laércio Franco Júnior, determina, em caráter liminar, a suspensão da feira sob pena de multa de R$ 10 mil por dia. 

O Corpo de Bombeiros não liberou o evento por conta de problemas na segurança, principalmente devido à falta de um hidrante na praça de alimentação da feira, entre outros problemas, como falhas de sinalização e iluminação de emergência, ausência de extintores e acesso de viatura em áreas de risco. A Acia diz que compensou essa carência com mais extintores e com a contratação de brigadianos de incêndio. 

No entanto, o Corpo de Bombeiros manteve neste sábado a exigência do hidrante e não liberou o documento dando sinal verde para feira. No novo laudo, no entanto, os Bombeiros admitiram melhorias na sinalização feita pelos organizadores. Com esse documento em mãos, a Acia tenta convencer a Justiça a revogar a liminar e autorizar a Festoque. 

Até o momento, a feira segue suspensa.