Apucarana

Lojas de Apucarana se preparam para Queima Total de Preços

Da Redação ·
 Campanha promete boas oportunidades para Apucarana e região - Foto: Sérgio Rodrigo/Tribuna do Norte
Campanha promete boas oportunidades para Apucarana e região - Foto: Sérgio Rodrigo/Tribuna do Norte

Os lojistas de Apucarana (norte do Paraná) já se preparam para a campanha Queima Total de Preços, que tem início amanhã e segue até sábado. A expectativa dos comerciantes é de realizarem boas vendas. O objetivo da promoção, que deve ter itens com descontos de mais de 50% em algumas lojas, é incentivar o comércio local e oferecer boas oportunidades para os consumidores não apenas de Apucarana, mas também de toda a região. 

continua após publicidade

A campanha segue até o próximo sábado (06) nas lojas participantes. Elas estarão identificadas com cartazes e demais materiais gráficos alusivos à campanha. Hoje, a maioria das lojas já colocará uma decoração especial e também preparará as vitrines. Realizada pela Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia) e pelo Sindicato do Comércio Varejista de Apucarana (Sivana), a 

Queima Total de Preços conta ainda com o apoio do Sicoob e da Câmara da Mulher Empreendedora. “O comércio vai funcionar no horário normal e todas as lojas poderão participar sem custo de adesão. Cada empresa também terá liberdade para definir suas ofertas, que nós esperamos serem as mais atrativas possíveis”, afirma Júnior Serea, presidente da Acia. Aída Assunção, presidente do Sivana, destaca a importância da campanha. “O consumidor tem a possibilidade de realizar boas compras e os comerciantes podem fazer um giro rápido, podendo repor seus estoques. Em resumo, todo mundo sai ganhando”, avalia Aída. 

continua após publicidade

EXPECTATIVA
Gerente de uma loja de roupas e acessórios femininos, Fernanda Rocha afirma que a expectativa para a promoção é grande. “A Queima de Preços vai coincidir com a primeira semana do mês, quando o comércio fica aberto durante a tarde no sábado, e também é o período em que muita gente recebe o salário, podendo assim aproveitar os descontos”, diz. Gerente de uma loja de roupas, calçados e acessórios, Alvina Dias também se empolga com a campanha. 

“Nossa esperança é de fazer boas vendas, aproveitar a proximidade do Dia dos Pais para vender bastante e fazer bons negócios com nossos clientes”, aponta. Já a gerente de uma loja de roupas e calçados masculinos, Heloísa Rocha, questiona a data. “Acredito que a campanha deveria ter sido feita no mês passado ou após o Dia dos Pais”, afirma ela.