Apucarana

Menina de 15 anos grávida de trigêmeos aborta em banheiro de colégio em Apucarana

Da Redação ·
O Núcleo Regional de Educação de Apucarana comunicou que a direção da escola priorizou o socorro e a integridade física da menina. (Foto: UEPG/Divulgação)
O Núcleo Regional de Educação de Apucarana comunicou que a direção da escola priorizou o socorro e a integridade física da menina. (Foto: UEPG/Divulgação)

Uma garota de 15 anos teve um aborto na última sexta-feira (17) no banheiro do Colégio Estadual Professor Izidoro Luiz Ceravolo, em Apucarana no Paraná (PR). A menina grávida de trigêmeos teria tomado remédios para induzir o aborto.

continua após publicidade

Uma funcionária da escola teria ouvido gritos vindo do banheiro e encontrou a adolescente no local. Nesse momento, a garota já teria até usado uma tesoura para cortar o cordão umbilical de um dos fetos.

O Sistema de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e encaminhou a menina ao Hospital da Providência, onde foram retirados os outros dois fetos. A Polícia Civil de Apucarana está investigando o caso.

continua após publicidade

Orientação educacional - O Núcleo Regional de Educação de Apucarana, através da chefe Maria Onide, comunicou que a direção da escola priorizou o socorro e a integridade física da menina

A aluna já retornou às aulas na manhã da segunda-feira (20) onde foi orientada pela setor pedagógico do colégio que tem orientado e encaminhado à menina aos planos de apoio da secretaria de saúde, onde terá todo respaldo psicológico oferecido no Centro de Referencia de Assistência Social (Cras), Centro de Atenção Psicossocial (Caps), e também com o auxílio e e respaldo do Conselho Tutelar.

Onide ainda comenta que questões sobre a sexualidade e a gravidez na adolescência já são debatidas dentro de sala de aula e que uma situação como essa reforça o tema que deve ser levado aos alunos a fim de trazer orientações e informações sobre cuidados e prevenção sobre a questão.