Apucarana

​Acea realiza cerimônia de lançamento da 22ª Festa da Cerejeira

Da Redação ·

Com a presença de várias autoridades e representantes de diversos segmentos da sociedade apucaranense, a Associação Cultural e Esportiva de Apucarana (Acea) promoveu na noite desta quarta-feira (27) a cerimônia de lançamento da 22ª edição da tradicional Festa da Cerejeira. Neste ano, o evento acontece paralelamente a comemoração do 80 anos da imigração japonesa para o Brasil, conforme destaca o presidente da Acea, o odontólogo Paulo Yoshi.

A programação artística e cultural mantém as apresentações de Taikô (tambores), Sakurá Odori (dança da Cerejeira), Bon Odori e outras atrações da cultura oriental e também regional.

A praça de alimentação, com destaque para os pratos da culinária japonesa, como o Sukyaki, Yakissoba, Udon, Sushi, Sashimi e Tempurá, é uma das atrações que prometem atrair a média de 30 mil visitantes durante os dias de festa, no início de junho.

continua após publicidade

Presidente da Acea, Paulo Yoshi, fala durante o lançamento da 22ª Festa da Cerejeira - Foto: José Luiz Mendes



continua após publicidade

DIVULGAÇÃO DA CULTURA JAPONESA
Criada por uma iniciativa da ACEA com o objetivo de divulgar a cultura do país de origem dos imigrantes japoneses no município, a Festa da Cerejeira de Apucarana tradicionalmente é realizada em junho para culminar com o auge da florada das árvores da cerejeira, que embelezam praças e várias ruas da cidade durante o inverno.

Durante o evento foi servido prato típico da cozinha japonesa - Foto: José Luiz Mendes


PRESENÇAS

O evento contou com a presença do vice-prefeito Junior da Femac e de vereadores, além de representantes de diversas entidades sociais e toda a diretoria Acea. 

Neste a edição da Festa da Cerejeira será realizada de 16 a 19 de junho, na Acea. Estão programada apresentações artísticas, festival de gastronomia japonesa, feira de pequenos produtores, salão do  utomóvel e outras atrações da cultura oriental e regional.

Ao anunciar a realização de mais uma Festa da Cerejeira – árvore símbolo do Japão -, o presidente da Acea, Paulo Yoshi, lembrou que a partir de 2015 a festa se tornou “patrimônio histórico e cultural de Apucarana”, mediante lei proposta pelo prefeito Beto Preto e aprovada por unanimidade pela Câmara de Vereadores.

“Mais uma vez temos a grata satisfação de anunciar de os ingressos serão comercializados por diversas entidades sociais de Apucarana, que irão viabilizar recursos para os seus projetos”, afirmou Paulo Yoshi. O presidente da Acea reiterou que a festa se tornou de todas as etnias de Apucarana e região e conclamou toda a população a prestigiar o evento.

O vice-prefeito Junior da Femac destacou que a festa é a maior de Apucarana e agradeceu o empenho de líderes da colônia japonesa, citando, Paulo Yoshi, Kenite Ishida e Satio Kayukawa, entre outros. “Não há como separar a história de Apucarana dos colonizadores japoneses que aqui se instalaram há exatos 80 anos”, afirmou Junior. 

PRAÇA DO JAPÃO

Junior lembrou que neste ano começa a ser instalada a Praça do Japão, comemorativa aos 80 anos da Imigração Japonesa em Apucarana. “O projeto foi idealizado pelo engenheiro Eduardo Nakaguishi, e será executado numa área de 5 mil metros no Parque Jaboti, contendo um portal (tori), paisagismo com cerejeiras e uma ponte típica do Japão”, informou Júnior da Femac.

A vereadora Aurita Bertoli, representando a Câmara Municipal também discursou e enalteceu os 22 anos da Festa da Cerejeira de Apucarana, que já se tornou conhecida nacionalmente.