Apucarana

Acusado de matar rapaz com tiro no peito é julgado hoje em Apucarana

Da Redação ·
Mais um júri popular é realizado nesta terça-feira (19) no plenário do Fórum Desembargador Clotário de Macedo Portugal, na Comarca de Apucarana - Foto: José Luiz Mendes
Mais um júri popular é realizado nesta terça-feira (19) no plenário do Fórum Desembargador Clotário de Macedo Portugal, na Comarca de Apucarana - Foto: José Luiz Mendes

Mais um júri popular é realizado nesta terça-feira (19) no plenário do Fórum Desembargador Clotário de Macedo Portugal, na Comarca de Apucarana (norte do Paraná).No banco dos réus está sentado Marcelo Luiz Aires, de 32 anos.Ele é acusado pelo Ministério Público (MP) de matar com tiro no peito Luiz Gustavo Santana,  com 23 anos na época do crime, ocorrido em 6 de março de 2013, em frente a imóvel na Rua Ibaté, no Conjunto Marcos Freire, na zona norte de Apucarana.

Logo após o homicídio, Aires fugiu com uma bicicleta da vítima, mas foi localizado e preso pouco depois pela Polícia Militar (PM). De acordo com a polícia, o réu é foragido da Cadeia Pública de Jacarezinho, na região do Norte Pioneiro do Paraná, e já foi preso por latrocínio (roubo seguido de morte).

Na defesa de Aires trabalham os advogados Heitor Cazionato Possani, Alicindo Carlos Marioto Moroti Júnior e Armando Vinícius Oliveira. Na acusação está o promotor Eduardo Augusto Cabrini. A sessão do tribunal do júri é presidida pelo juiz Oswaldo Soares Neto.

continua após publicidade