Apucarana

Estufa em apartamento e sementes da Holanda eram usadas para cultivo de maconha no centro de Apucarana

Da Redação ·
Congresso da Colômbia aprova uso medicinal da maconha - Foto: Polícia Militar - arquivo TN
Congresso da Colômbia aprova uso medicinal da maconha - Foto: Polícia Militar - arquivo TN

Após denúncia anônima, policiais do Serviço de Inteligência (P2) da Polícia Militar (PM) de Apucarana (norte do Paraná) localizaram um tipo de estufa sofisticada utilizada para cultivo de cannabis sativa (maconha) em apartamento situado na Rua Tamandaré, na área central da cidade.

No local foram apreendidos diversos pés de maconha em estágios de crescimento diversificados. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (7) pela PM. Os policiais militares ficaram de “campana” perto do apartamento durante cerca de cinco horas para prender o dono do imóvel e da estrutura para cultivo de cannabis, mas ninguém estava no imóvel e ele não foi localizado.

Os PMs também apreenderam plantas e mudas, além de parte da droga sendo desidratada em caixas. “Trata-se de uma estrutura sofisticada de equipamentos com tubos de ar e luzes de led para controlar a temperatura, umidade e iluminação das plantas” afirmou o delegado-chefe de Apucarana, José Aparecido Jacovós. A PM achou ainda embalagens com a drogada fracionada. 

continua após publicidade

A polícia não confirmou o nome do suspeito apontado como proprietário do imóvel e da droga.

Foto: Divulgação/Polícia Militar

continua após publicidade


Sementes da Holanda
Policiais militares acrescentaram que esse tipo de cultivo de maconha é considerado nobre, com sementes oriundas da Holanda. O material e a droga apreendidos no apartamento foram levados para a Delegacia de Apucarana. A Polícia Civil instaurou inquérito relativo ao caso e já apurou que o imóvel está alugado.

Foto: Divulgação/Polícia Militar