Apucarana

População adere abaixo-assinado para reduzir salários de vereadores 

Da Redação ·
população aderiu ao abaixo-assinado que pede salário de professor para vereador (Foto: Delair Garcia)
população aderiu ao abaixo-assinado que pede salário de professor para vereador (Foto: Delair Garcia)

O projeto de iniciativa popular que pede salário de professor municipal para vereador ganhou adesão dos apucaranenses. O abaixo-assinado, encabeçado pelo movimento “Cristãos pelo Brasil”, recebeu mais de 1,5 mil assinaturas na manhã deste sábado (05/03).

continua após publicidade

Lideranças do grupo estiveram na Praça Rui Barbosa recolhendo assinaturas, das 9 h às 12 horas, enquanto também pedia o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) e convocava a todos para participar do “Fora Dilma”, marcado para o próximo domingo (13/03).

Para Cristiane Zanetti, integrante do movimento “Cristãos pelo Brasil”, a adesão é inânime dos apucaranenses. “Nós precisamos de 5 mil assinaturas para levar o projeto até a Câmara Municipal, mas vamos conseguir muito mais. Não tem um apucaranense que não concorde com a redução salarial dos vereadores”, diz.

continua após publicidade

A expectativa é conseguir o restante das assinaturas no próximo sábado (12/03), quando o grupo estará novamente recolhendo assinaturas na Praça Rui Barbosa.

Para a empresária Terezinha de Assis, a atuação dos vereadores não corresponde com a remuneração recebida. O industriário Reinaldo Aparecido Oliveira também tem a mesma opinião. “Vereador não é profissão. E mais: não trabalham como um operário à disposição do povo”, disse.

Já para Alice Pereira Gomes Claudiano, num momento de crise, aumento de salários não se justifica. “Esse dinheiro pode ser usado em outros setores”, avalia.

continua após publicidade

A proposta pede que o salário de vereador de R$ 8 mil para R$ 2 mil, remuneração mensal do professor municipal.

Na última terça-feira (01/03), populares foram até a Câmara Municipal protestar contra o aumento dos salários dos vereadores, que foi aprovada na semana anterior.