Mais lidas
Apucarana

Mulher morta com golpes de faca estava grávida, diz autor do crime

.

Local de homicídio isolado pela PM até a chegada do IML - Foto: José Luiz Mendes/imagem ilustrativa
Local de homicídio isolado pela PM até a chegada do IML - Foto: José Luiz Mendes/imagem ilustrativa

O autor de um assassinato ocorrido no final de semana em Apucarana disse à polícia que a mulher morta a facadas ontem na área central da cidade, estaria grávida de três meses. De acordo com a polícia, Nilma Bezerra Lacerda, de 38 anos , foi morta pelo companheiro, Nelson Alves dos Santos, de 43 anos, por volta das 12 horas, na esquina da Rua Carlos Schimdit com a Avenida Rio de Janeiro.

O acusado foi preso pouco depois ainda sujo de sangue. Nilma era natural de Marília (SP) e o casal, segundo a Polícia Civil, provavelmente havia chegado em Apucarana no dia anterior ao crime.Conforme a Polícia Militar (PM), após denúncia de ocorrência dando conta que ocorria uma briga em via pública entre moradores de rua uma equipe da corporação foi até o local do fato e viu Nilma caída.

A PM ainda chegou a solicitar a presença do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para dar atendimento à vítima que foi esfaqueada no tórax e abdômen.Durante as rondas, testemunha ajudaram os policiais a encontrar, nas proximidades dali,um homem com marcas de sangue correndo na Avenida Minas Gerais. Ao ver a viatura, o suspeito correu para um terreno baldio, onde foi abordado e preso. Nelson Alves dos Santos assumiu a autoria do crime. Berrando, Santos falava: "se ela não for minha, então não será de ninguém. Eu meti a faca nela mesmo. Quero aquela vagabunda morta".

A faca usada no crime foi localizada e apreendida na Avenida Carlos Schimdt esquina com a Avenida Minas Gerais. Já o preso foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), pois apresentava algumas lesões no punho esquerdo. Uma testemunha do crime relatou que as lesões ocorreram porque Santos, esfaquear Nilma, começou a cortar o próprio pulso com faca usada no homicídio.O preso foi encaminhado à Décima Sétima Subdivisão Policial (SDP) e autuado em flagrante por homicídio doloso (quando há intenção de matar).

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber