Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

PIB da região alcança R$ 10,3 bilhões

.

O Produto Interno Bruto (PIB) dos municípios que compõem o Vale do Ivaí mais Arapongas alcançou R$ 10,3 bilhões. Os dados, de 2013, foram divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os números mostram um avanço de 13% em relação ao ano anterior (R$ 9,1 bilhões) com alta acentuada nos municípios menores, uma tendência notada em todo Estado. Arapongas lidera o índice regional com R$ 3,8 bilhões. O município também tem o maior PIB per capita, alcançando R$ 34 mil por habitante.

Para o prefeito de Arapongas, Antônio José Beffa, o resultado reflete o poder produtivo do município. “O araponguense continua lutando para superar essa fase, mostrando toda a sua força. O plano agora é manter esse número porque sabemos do poder produtivo das empresas. Arapongas é uma cidade média, mas tem números de cidade grande”, destaca. O desempenho foi 7,4% maior que o registrado em 2012. Apucarana aparece com o segundo maior PIB, com R$ 2,5 bilhões, índice 16,4% maior que o registrado no ano anterior. 

O dados do IBGE também mostram um avanço da riqueza nos municípios menores do Vale. O município de Kaloré foi o que registrou maior crescimento. O PIB da cidade aumentou 52% em relação a 2012, quando era calculado em R$ 66,1 milhões e passou para R$ 102,1 milhões. O prefeito do município Washington Luis da Silva se disse surpreso com o desempenho. “Realmente, a agricultura rende bem e a cidade viveu momentos de grandes investimentos, mas é surpreendente mesmo”, comenta. A força do agronegócio é apontada pelos economistas do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico Social (Ipardes) como uma fenômeno estadual. A diversificação e a industrialização da produção agropecuária deram força para os pequenos municípios na geração de renda e emprego. 

“Nas grandes cidades do interior, o agronegócio, combinado com o crescimento do setor de serviços, teve grande impacto no desenvolvimento econômico”, diz o diretor-presidente do Ipardes, Julio Suzuki Júnior. Na região, Cruzmaltina registrou segundo maior aumento do PIB, com avanço de 32%. Outros sete municípios cresceram mais de 20% no período : Rio Bom, Faxinal, Jardim Alegre, Borrazópolis, Ariranha do Ivaí, Rosário do Ivaí e Arapuã. Segundo o Ipardes, em 2013, a participação do interior no PIB do Estado atingiu o recorde de 58,7%, contra 55,2% em 2010.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber